Gustavo Mioto traz nova turnê para o evento neste sábado

Com cinco álbuns lançados na bagagem, o artista sobe ao palco da Festa do Peão de Americana, apresentando a turnê do EP “Pé na Areia”


Foto: Divulgação
ustavo contou que escolheu o cenário à beira-mar para ficar mais próximo dos fãs e ter um “visual bacana”

A precocidade acompanha a carreira do cantor Gustavo Mioto. Primeiros acordes aos 6 anos, primeira composição aos 10 e viagens com a banda Oxigênio aos 13. Hoje, aos 22 anos, está alcançado lugares cada vez mais altos no cenário do pop sertanejo, com 1,3 bilhão de acessos no YouTube e 3,8 milhões de seguidores na rede social.

Com cinco álbuns lançados na bagagem, o artista sobe ao palco da Festa do Peão de Americana neste sábado, apresentando a turnê do EP “Pé na Areia”. A programação musical da noite ainda será completada por Dennis DJ e Zé Neto & Cristiano. “Pé na Areia” foi gravado ao vivo no litoral norte paulista. As seis faixas – “Quem não presta é eu”, “Fake News”, “A Lua e Eu”, “Vizinho Chato”, “Nega” e “Voar” – já estão disponíveis em todas as plataformas digitais e no Youtube.

Ao Liberal, Gustavo contou que escolheu o cenário à beira-mar para ficar mais próximo dos fãs e ter um “visual bacana”. “Gravamos o DVD em uma área aberta e as pessoas iam chegando para assistir. Foi maravilhoso esse contato direto com o público”, conta.

O cantor explica que os shows da turnê, no entanto, têm um cenário todo interativo e tecnológico. “É um lance mais diferente do ‘Pé na Areia’, mas as músicas do novo EP já estão no repertório”, garante.

De seu primeiro sucesso, “Impressionando os Anjos”, até o recente single, “Fake News”, o músico transita de canções de amor a música dançantes. Essas variações ficam ainda mais evidentes pela parceria com artistas de outros gêneros, como Anitta, ou a releitura de uma música de Ed Sheeran.

“Eu tenho várias referências e influências. O John Mayer, por exemplo, é um artista que admiro muito, Bruno Mars também. Do sertanejo, cresci em meio aos ícones, sou muito fã de Bruno e Marrone, Luan Santana, Gusttavo Lima. E também sou fã de Capital Inicial e Roupa Nova. Minhas influências são bem ecléticas”, explica.

Sobre alcançar tamanha visibilidade ainda jovem, ele sugere que é um resultado da própria precocidade. “Eu busquei isso, era um sonho meu desde criança. Claro que a gente fica cansado, mas subir no palco, receber o carinho da galera, não tem preço. Eu sonhei com o dia em que o Brasil conheceria minhas músicas, e acho que estou conseguindo realizar”, finaliza.

Acontece. Os shows começam a partir das 23h, após a programação do rodeio na arena do CCA (Clube dos Cavaleiros de Americana), que fica na Rua Luís Fornaziero, 793, Jardim América. Os ingressos estão à venda pela totalacesso.com.br, na Casa dos Cavaleiros e Americana ou em um dos pontos de venda relacionados em www.festadopeaodeamericana.com.br.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora