Felipe Gabriel usa o folk para falar de uma vida simples

Cantor casa a temática da simplicidade com voz, violão e bandolim, casados com letras reflexivas na tradição do pop rock nacional do passado


Foi pelo minimalismo da voz, violão e bandolim que o cantor americanense Felipe Gabriel decidiu falar sobre a simplicidade em seu novo single, “O Melhor Pra Você”, que foi lançado em videoclipe em suas redes sociais (@FelipeGabrielArte).

Composta há cinco anos, a música combina com a proposta do álbum “Mantra Ao Sol do Seu Sorriso”, que o cantor se prepara para lançar e traz uma mistura de ritmos como folk, rock e soul.

“Como estou sempre criando, sua feitura veio de frases que anotei e percebi que combinavam, a letra e a melodia são cíclicas como as demais do meu repertório atual”, conta ele, que é filósofo e traz como inspiração para suas criações desde a literatura beatnik de Jack Kerouac a filósofos como Homero, Sócrates e Sartre.

A gravação e o videoclipe contaram com sugestões do produtor Rodrigo Barros no uso do bandolim e na escolha das imagens. Quem tocou no áudio foi Gesse Silva, parceiro nos arranjos das músicas que lançou até agora, e no vídeo quem apareceu com os instrumentos (violão e bandolim) foi o Caio Suille, por fazer parte da banda que o acompanha.

“A faixa possui bastante influência de folk rock e lembra algumas do Eddie Vedder ou do Chris Cornell solo, pelo destaque à voz”, compara Felipe.

METAMORFOSES. A transição sonora constante também é uma marca do músico, o que também remete ao single anterior, que explora a “liberdade da indefinição” de um homem em constante movimento. Felipe começou ouvindo rock dos anos 1980, que lhe influenciou a escrever suas primeiras músicas, precocemente, já aos 10 anos (hoje tem 25).

Então, foi buscar os livros, filmes e músicas que Raul Seixas, Renato Russo e Cazuza citavam em músicas e entrevistas. “Acabou abrindo minha cabeça para gêneros bem distintos, como samba e baião”, revela.

Compõem sua banda Bruna Bianconi (backing vocal), Caio Suille (violão e guitarra) e Gesse Eliabe da Silva (bateria e baixo).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora