Exposição traz antiguidades do hip hop para Santa Bárbara

Evento acontece durante o final de semana e pretende mostrar elementos do movimento e da cultura do hip hop


Foto: Divulgação
Estarão expostas antiguidades como LPs, rádios antigos, fitas cassete utilizadas para fazer as bases do som e roupas características

A Estação Cultural da Fundação Romi, em Santa Bárbara d’Oeste, vai receber neste sábado (9) e domingo (10) uma exposição independente que vai trazer objetos da cultura hip hop. A iniciativa é de Valdenilson Rosa, ajudante geral de 48 anos que resolveu juntar seu acervo com o de colegas e exibi-los para que os visitantes conheçam mais sobre o hip hop.

Estarão expostas antiguidades como LPs de origem do estilo musical, rádios antigos, fitas cassete utilizadas para fazer as bases do som e roupas características. “Queremos que as pessoas entendam que a cultura hip hop está dentro de algo maior, em um movimento que é um estilo de vida e contempla outros elementos, como o rap, o break, a poesia urbana, o grafite”, explicou Valdenilson.

O evento é gratuito, aberto a visitantes de todas as idades e apoiado pela Fundação Romi, que cedeu o espaço. A exposição ocorre das 9h às 18h no sábado e das 9h às 12h no domingo. A Estação Cultural Fundação Romi fica na Avenida Tiradentes, nº 2, Vila Romi.

Foto: Divulgação
A iniciativa é de Valdenilson Rosa, ajudante geral de 48 anos que resolveu juntar seu acervo com o de colegas e exibi-los

Circuito

Ainda nesse fim de semana, ocorre em Santa Bárbara o Circuito Hip Hop. O evento está marcado para domingo, no dia 10 de novembro. Com o tema “Quem Tem Cor Age”, o evento é gratuito e ocorre entre 10h às 17h, na Área de Bem-Estar e Lazer “Edgard Balam”, entre as ruas Vereador Leonel Graciani, Ignácia Pinto de Campo e Padre Victório Freguglia, no Conjunto Roberto Romano.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora