02 de março de 2021 Atualizado 19:28

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Trajetória independente

Lívian Aragão valoriza caminhada solo na tevê

Aos 21 anos, a atriz está no ar com a reprise de "Flor do Caribe", da Globo, e comenta experiência na trama

Por TV Press

08 jan 2021 às 16:19

Aos 21 anos, a relação entre o audiovisual e Lívian Aragão já é bastante extensa. Não só pelo fato de conhecer os bastidores e meandros da tevê e do cinema através do pai, o humorista Renato Aragão, mas também porque a atriz estreou cedo no vídeo. Ainda bebê, ela fez uma participação no filme “O Trapalhão e a Luz Azul”.

A partir desse projeto, Lívian virou presença constante nas produções do pai. Porém, foi a trama de “Flor do Caribe”, que atualmente é reapresentada no horário das 18h, que apresentou um caminho mais independente para a atriz.

Lívian também integrou o elenco de “Malhação: Seu Lugar no Mundo” e “Malhação: Pro Dia Nascer Feliz” – Foto: Divulgação

“Foi um grande divisor de águas para mim. Foi a minha primeira novela e meu primeiro trabalho grande na televisão sem meu pai. Eu lembro que estava muito nervosa antes do meu primeiro dia de gravação. Mas assim que cheguei no set fui recebida com tanto amor e carinho que guardo esses momentos no meu coração”, afirma Lívian, que vive a doce Marizé na história de Walther Negrão.

A oportunidade para o folhetim chegou através do diretor Jayme Monjardim. A atriz tinha acabado de cursar a Stagedoor Manor, um acampamento de verão para artes cênicas localizado em Loch Sheldrake, em Nova Iorque, quando recebeu a ligação do diretor global.

“Foi maravilhoso trabalhar com Jayme Monjardim e Walter Negrão. Ele me disse no telefone que o Walter Negrão queria muito que eu fizesse o personagem Marizé. Eu lembro de tremer no telefone (risos)! Foi incrível ter essa experiência. A história e as tramas do Walter são maravilhosas e o Jayme tem uma delicadeza incrível no set e no seu trabalho”, elogia.

Na história, Marizé é filha de Bibiana e Donato, interpretados por Cyria Coentro e Luiz Carlos Vasconcelos. Apesar de jovem, ela é bastante atenta a todos os acontecimentos de sua casa. Por mais próxima que fosse de Hélio, papel de Raphael Vianna, e adorasse todos os presentes dados pelo irmão mais velho, não hesitou em recriminá-lo quando soube que o pai foi preso injustamente no lugar do irmão.

“Eu aprendi muito com a Marizé. É uma personagem que, por mais que seja mais nova, na pré-adolescência, é muito madura e tem personalidade. Acho isso muito lindo na Marizé”, afirma.

PANDEMIA
De folga das novelas desde “Tempo de Amar”, que foi ao ar em 2017, Lívian tem aproveitado o período da quarentena forçada em virtude do novo coronavírus para acompanhar a edição especial de “Flor do Caribe”. A atriz começou a enfrentar o período de confinamento nos Estados Unidos. Porém, desde o final de maio, ela decidiu retornar de Los Angeles, onde estudava interpretação na Stella Adler Academy of Acting.

“Acho ‘Flor do Caribe’ uma novela leve e gostosa de assistir. Eu fiquei muito emocionada quando soube dessa notícia. Foi a primeira novela que fiz e me marcou muito. A personagem veio em uma crescente, se envolvendo outras tramas ao decorrer da obra. Eu tive a oportunidade de contracenar com grandes atores e seres humanos maravilhosos. Aprendi muito como atriz”, valoriza.

Colegas de cena
A trama de “Flor do Caribe” envolveu Lívian Aragão do começo ao fim. Porém, foram as relações que construiu ao longo da novela que ficaram marcadas em sua memória. Durante o projeto, a atriz dividiu algumas cenas com Laura Cardoso, que interpretou Veridiana.

“Ela me deu uns conselhos que levo para vida. Tenho na minha memória ela olhando para mim e me dando dicas. Sempre me emociono quando lembro”, relembra.

Além de Laura Cardoso, Lívian também contracenou com Cyria Coentro e Luiz Carlos Vasconcelos. A atriz aprendeu bastante ao observar os dois no “set” de gravação.

“A Cyria é uma atriz sensacional. Ela é muito engraçada e adora fazer piadas no set. Mas quando falam “ação” ela imediatamente volta pro personagem em uma rapidez impressionante. O Luiz Carlos é um ser humano maravilhoso. Quero contracenar com os dois de novo”, explica ela, que gravou sua primeira cena na novela ao lado do ator.

“Era uma cena difícil do reencontro familiar onde o personagem dele voltava da cadeia. Lembro de estar nervosa porque era uma cena de emoção e era logo a primeira. Mas o Luiz pegou nas minhas mãos, olhou nos meus olhos e disse: ‘que bom te rever, filha’. Nesse momento, já nos conectamos como personagens e atores”, completa.

Instantâneas

  • Aos quatro anos, Lívian começou a fazer figuração no seriado “A Turma do Didi”.
  • Em “Tempo de Amar”, a atriz voltou a trabalhar ao lado do diretor Jayme Monjardim.
  • A atriz reúne quase 2 milhões de seguidores no Instagram.

Publicidade