Livros de autoajuda estão entre os mais emprestados

O estilo predomina entre os leitores da Biblioteca de Americana junto com as obras exigidas nos vestibulares e os livros infanto-juvenis


Dois livros de autoajuda aparecem entre os dez títulos mais emprestados pela biblioteca pública de Americana no ano passado, foram eles: “Pai Rico, Pai Pobre” (Robert T. Kiyosaki) e “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas” (Dale Carnegie).

O estilo predomina entre os leitores do local junto com as obras exigidas nos vestibulares e os livros infanto-juvenis.

A preferência pelos títulos de autoajuda (pessoal e financeira) também se reflete no mercado editorial nacional. Segundo levantamento feito pela agência Nielsen, os 15 livros mais vendidos no país em 2019 foram de autoajuda (pessoal e financeira). Os dois livros relacionados entre os preferidos pelos associados da biblioteca de Americana também aparecem entre os campeões de venda.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Sucesso das obras de autoajuda também foi registrado em outras bibliotecas da região

“Pai Rico, Pai Pobre” já havia aparecido na terceira posição na relação dos mais emprestados pela biblioteca em 2018. No ano passado, ele foi o segundo mais emprestado atrás apenas da obra “Quarto de Despejo” (Carolina de Jesus), um dos títulos exigidos no vestibular ao lado de clássicos como “Angústia” (Graciliano Ramos) e “Capitães de Areia” (Jorge Amado), terceiro e quarto colocados no ranking local.

Entre os livros infanto-juvenis mais emprestados estão “Diário de um Banana” (Jeff Kinney), volumes 1 e 3, e “Harry Potter e o Cálice de Fogo” (J. K. Rowling). O orientador cultural da Biblioteca de Americana, Leonardo Luciano, informa que 70% do público da biblioteca é formado por mulheres, que apreciam também autoras como Nora Roberts, Tessa Dare, Kiera Cass e Julia Quinn, entre outras.

A sequência de títulos de “Diário de um Banana” e de “Harry Potter” também aparecem entre os mais emprestados nas bibliotecas públicas de Nova Odessa, Sumaré e Hortolândia. A de Santa Bárbara não forneceu a listagem por ainda estar de recesso.

“O fator interessante de livros infantojuvenis serem os mais buscados é que a biblioteca está conseguindo atrair os jovens, estimular a curiosidade em ler o primeiro livro e, com isso, o hábito da leitura, que é fundamental para o desenvolvimento deles”, analisa o coordenador da Biblioteca Municipal de Hortolândia, Rafael Antonio da Silva.

Top 10 em Americana:

1. Quarto de Desejo
(Carolina de Jesus)

2. Pais Rico, Pai Pobre
(Robert T. Kiyosaki)

3. Angústia
(Graciliano Ramos)

4. Capitães de Areia
(Jorge Amado)

5. Diário de um Banana, v.01
(Jeff Kinney)

6. Caminhos Cruzados
(Érico Veríssimo)

7. Minha Vida de Menina
(Helena Morley)

8. Diário de um Banana, v.03
(Jeff Kinney)

9. Como fazer amigos e e influenciar pessoas
(Dale Carnegie)

10. Harry Potter e o Cálice de Fogo
(J.K.Rowling)

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora