Iniciativas fazem jovens ‘mergulhar’ na poesia

Tem início nesta terça-feira, em Santa Bárbara d’Oeste, o Projeto Recitar, que prevê diversas atrações no Teatro Municipal Manoel Lyra


Foto: Prefeitura de Santa Bárbara d'Oeste/Divulgação
26 grupos vão apresentar poesia e teatro na 2ª. edição do Projeto Recitar

Diferentes ações desenvolvidas na região estão despertando os jovens para a poesia, abordando temas sociais e da realidade dos adolescentes através da literatura. Tem início nesta terça-feira, em Santa Bárbara d’Oeste, o Projeto Recitar, que prevê diversas atrações no Teatro Municipal Manoel Lyra até sexta-feira. Já a Parada Poética, de Nova Odessa, realizou nesta segunda-feira o primeiro de diversos saraus que serão realizados em escolas e instituições de Americana com o objetivo de levar a poesia até os estudantes.

De hoje até sexta-feira, 26 grupos vão apresentar poesia e teatro na 2ª. edição do Projeto Recitar, que comemora os 200 anos de Santa Bárbara d’Oeste. Haverá apresentações de estudantes de todas as idades, estimulados à prática artística. A programação está dividida de acordo com as idades dos alunos, que variam desde o 5° ano do ensino fundamental até ensino médio e técnico. O encerramento na sexta-feira contará com quatro grupos teatrais da cidade, com atores que despertaram para a prática artística dentro de edições anteriores do Projeto Recitar, quando era conhecido como Verso Vivo.

Secretário de Cultura e Turismo da cidade, Evandro Felix explicou que o projeto foi reativado no ano passado após passar alguns anos sem ser realizado. Entre as novidades inseridas houve a ampliação das faixas etárias que podem participar, incluindo estudantes do ensino fundamental.

“O Recitar trabalha acima de tudo com os jovens, é um estímulo à leitura e à escrita. É uma oportunidade para que as escolas possam levar aprendizado aos alunos de uma forma diferente, envolvendo a arte”, disse o secretário.

Dentro do projeto, é realizado o Concurso de Encenação de Poesias, que este ano tem como tema o bicentenário barbarense. “Os autores poderão buscar inspiração na história de nosso município, nas suas personalidades históricas, nos pontos turísticos existentes. Não é preciso que seja uma poesia inédita, desde que homenageie a nossa terra”, afirmou Felix.

DEMOCRÁTICO
Já a Escola Polivalente de Americana recebeu, na manhã desta segunda-feira, o sarau do projeto Parada Poética. Os eventos da Parada são realizados mensalmente na Estação Ferroviária de Nova Odessa, mas diversas escolas e instituições de Americana devem receber edições do sarau ao longo dos próximos meses. O evento desta segunda-feira foi realizado dentro da programação da Semana Paulo Freire do Polivalente, que contou com diversas ações culturais organizadas pelo colégio. “Nossa intenção é despertar os alunos para a literatura e a poesia, com uma abordagem do contexto social, além de promover a integração entre os estudantes”, disse a diretora da escola, Mary Damiani.

“Tinha sentados aqui mais de cem alunos, ouvindo poesia sem microfone, concorrendo com as outras atividades que estavam acontecendo ao mesmo tempo na escola. Fizemos poesia da forma mais simples, mais natural, mais orgânica e humana possível”, afirmou Renan Inquérito, organizador do projeto Parada Poética. “Abrimos o microfone e todo mundo tinha algo para falar. Fiquei pensando, onde eles falariam isso?”

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!