Academia não irá entregar Nobel de Literatura em 2018

Academia explica que não está em posição de escolher um vencedor após a onda de escândalos de assédios sexuais e crimes financeiros


A Academia Sueca anunciou na madrugada desta sexta-feira, 4, que não entregará o prêmio Nobel de Literatura em 2018, pela primeira vez em quase sete décadas, em razão de um escândalo de violações e agressões sexuais. O próximo ganhador será anunciado apenas em 2019.

A decisão foi tomada durante uma reunião semanal em Estocolmo, com base na explicação de que a Academia não está em posição de escolher um vencedor após a onda de escândalos de assédios sexuais e crimes financeiros.

Entre as duas grandes Guerras Mundiais, o Prêmio Nobel de Literatura não foi concedido em sete ocasiões: 1914, 1918, 1935, 1940, 1941, 1942 e 1943 (em nenhuma categoria O Nobel foi entregue entre 1940 e 1942). A decisão de não entregar a maior honraria literária do mundo em 2018, portanto, ocorre pela primeira vez em 75 anos.

Segundo o site oficial do Prêmio, os estatutos da Fundação Nobel dizem: “Se nenhum dos trabalhos sob consideração é considerado da importância indicada no primeiro parágrafo, o prêmio em dinheiro deve ser reservado até o ano seguinte. Se, mesmo assim, o prêmio não puder ser entregue, o montante deve ser adicionado aos fundos restritos da Fundação”.

Considerando as outras categorias (como Medicina, Física e Paz), o Nobel não foi entregue em 49 oportunidades.

Especificamente em 1914, 1918 e 1943, o Nobel da Paz também não foi cedido, enquanto que os de Ciências e de Medicina, sim. Em 1935, nenhum candidato da Literatura foi honrado, mas vencedores foram escolhidos nas outras áreas.

Os prêmios de Ciência e Medicina foram entregues todos os anos desde 1942, mas o da Paz não teve vencedores em 1972. O de Economia, que começou em 1968 e não está diretamente ligado ao testamento de Alfred Nobel, foi entregue todos os anos desde então.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!