Filme ‘De Volta para o Futuro’ inspira musical que estreia em 2020

Anúncio oficial acontece nesta terça-feira, em Manchester, e contará com a presença do brasileiro Ricardo Marques como um dos produtores


Foto: Divulgação
Um dos grandes trunfos do espetáculo será o carro DeLoren, com o qual McFly volta ao passado

O filme De Volta para o Futuro, dirigido por Robert Zemeckis em 1985, já faz parte do nosso imaginário e se tornou referência no moderno cinema americano. Sem efeitos especiais, mas com um roteiro engenhoso (que trata com bom humor até com temas tabus, como incesto), o longa tornou-se grande sucesso no mundo.

Agora, a história do jovem Marty McFly, que volta ao ano de 1955 graças a um invento do amalucado cientista Emmett Brown, chegará aos palcos ingleses: De Volta para o Futuro: o Musical estreia no dia 20 de fevereiro de 2020, na cidade inglesa de Manchester.

O anúncio oficial acontece nesta terça-feira, em Manchester, e contará com a presença do brasileiro Ricardo Marques como um dos produtores do espetáculo. “É um projeto iniciado há 5 anos, quando foram adquiridos os direitos autorais”, conta ele ao jornal O Estado de S. Paulo, presidente da 4Act Entretenimento. “Nesse período, houve mudança de roteirista e direção, além dos ajustes de produção.”

Um dos grandes trunfos do espetáculo será o carro DeLoren, com o qual McFly volta ao passado. Segundo Marques, a intenção, é fazer o veículo levantar voo antes de cruzar a barreira do tempo.

Na cidade inglesa, o musical ficará em cartaz durante 12 semanas até rumar para Londres, no West End. “Já estamos negociando para a estreia na Broadway, pois o filme tem grande presença nos Estados Unidos. Também deverá ter uma montagem no Brasil e outra na Coreia – esse são os países já acertados, mas negociamos ainda com outros, como a Alemanha.”

A equipe criativa De Volta para o Futuro: O Musical inclui um livro original de Bob Gale e músicas e letras de Alan Silvestri e Glen Ballard. John Rando dirige, com cenografia e figurino de Tim Hatley, iluminação de Hugh Vanstone, som de Gareth Owen, vídeo de Finn Ross e coreografia de Chris Bailey.

Para o papel principal, de Marty McFly (vivido no cinema por Michael J. Fox), foi escolhido Olly Dobson. “Foi por audição e ele nos impressionou por tanto trazer características de J. Fox (o que era essencial) como por trazer um novo frescor ao personagem”, diz Marques.

Em seu currículo, Dobson conta com poucas produções musicais, como Bat Out of Hell e Matilda. Ainda não foi divulgado o restante do elenco.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora