29 de novembro de 2020 Atualizado 22:36

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Cultura

Ex-participante do ‘Bake Off’ denuncia golpe envolvendo estupro e roubo

Por Agência Estado

26 out 2020 às 18:40 • Última atualização 26 out 2020 às 18:51

O engenheiro químico Murilo Marques, que participou da segunda temporada do reality show de culinária Bake Off Brasil, publicou um depoimento no Twitter na sexta-feira, 23, onde afirmou que foi vítima de um golpe. Ele contou que foi dopado, estuprado e teve mais de R$ 70 mil roubados de suas contas bancárias.

Murilo explicou que o golpe teria ocorrido em 21 de outubro, uma quarta-feira, quando ele marcou um encontro em seu apartamento com um homem que tinha conhecido em um aplicativo de relacionamento. Conforme os dois interagiam, o homem ficou mais agressivo e Murilo disse que começou a se sentir estranho.

Após publicar um aviso de gatilho, se referindo ao teor explícito do depoimento, ele deu mais detalhes sobre a situação. “Eu só lembro dele me estuprando com a mão enquanto eu me debatia. Não sei quanto tempo durou, não sei o quanto eu resisti, mas fui estuprado”, contou. O engenheiro então perdeu a consciência.

Murilo relata que foi dopado pelo homem, que o obrigou a informar as senhas de suas contas bancárias. Ao todo, ele perdeu mais de R$ 70 mil. O ex-participante do reality também contou como pediu ajuda, foi para um hospital, fez exames para comprovar a violência e uma denúncia na polícia.

Eu decidi contar essa história porque eu preciso ser capaz de compartilhar isso sem medo, sem vergonha, apesar de me sentir humilhado e culpado eu sei que sou uma vítima, eu tenho que superar. Me ajudem a espalhar esse relato”, pediu ele.

Graças à publicação, Murilo disse que alguns bancos entraram em contato com ele e se dispuseram a estornar o valor retirado pelo homem. No domingo, 25, Murilo fez outra publicação, agradecendo o apoio que recebeu: “Ontem limpamos meu apartamento, tirei os vestígios, as marcas, mas acho que aquele apartamento perdeu o status de lar… As mensagens de apoio têm sido reconfortantes, muito obrigado pelas palavras de empatia”.

Publicidade