27 de novembro de 2020 Atualizado 21:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Hora do Faro

Em alta, ‘Canta Comigo’ se sai bem com versão teen

Programa ajuda a elevar a qualidade do programa de Faro e traz um novo público para o apresentador: o infantojuvenil

Por Márcio Maio / TV Press

31 out 2020 às 13:10

O “Canta Comigo” já tinha lugar de destaque na grade da Record desde 2018, quando sua primeira temporada estreou, sob o comando de Gugu Liberato. Com a morte do apresentador no ano passado, enquanto a competição musical ainda estava no ar – mas já inteiramente gravada –, e a necessidade de um novo nome para substituí-lo, a emissora acabou colocando Rodrigo Faro no posto em vez de lançar uma terceira temporada do “Canta Comigo”, estreou a primeira do “Canta Comigo Teen”, que virou um quadro do dominical “Hora do Faro”.

A solução adotada pela Record foi, sem dúvida, estratégica. Afinal, se os competidores são adolescentes, não fazia sentido manter o programa na faixa noturna, atualmente ocupada pela 12ª edição do reality “A Fazenda”. Além disso, o “Hora do Faro” fica no ar por quatro horas e meia, entre 15h15 e 19h30.

“Canta Comigo Teen” ajuda a elevar a qualidade do programa de Faro e traz um novo público para o apresentador: o infantojuvenil – Foto: Divulgação

Bem produzido, o “Canta Comigo Teen” não só ajuda a elevar a qualidade do programa de Faro como também é capaz de trazer um novo público para o apresentador: o infantojuvenil. E é inegável que, diante das pautas e quadros que normalmente ganham espaço no “Hora do Faro”, a disputa entre os jovens aspirantes a cantores vai ao ar entre 18h e 19h30 e se mostra uma opção mais preparada para a briga por audiência com o “Dança dos Famosos”, do “Domingão do Faustão”, da Globo.

A dinâmica do “Canta Comigo Teen” é a mesma da versão com candidatos adultos. Há uma espécie de “paredão” onde 100 jurados supostamente conhecidos se levantam e apertam um botão para dar seu voto a cada um dos 11 competidores que passam por cada episódio.

Quem conquista o júri inteiro garante um passaporte direto para a final do programa, prevista para ir ao ar no dia 6 de dezembro. E cada episódio garante a passagem de dois participantes para a semifinal, que deve acontecer no dia 29 de novembro.

Entre os jurados, há alguns nomes interessantes, como Diego Moraes, revelado pela própria Record em 2009, quando participou de “Ídolos”, as cantoras Roberta Campos e Tânia Mara, a ex-MTV Penélope Nova e até figuras que já tiveram popularidade no passado, como o casal Andréa Sorvetão e Conrado e o músico Juninho Bill.

Em muitos momentos – e Rodrigo Faro mesmo já fez essa brincadeira –, o programa poderia se chamar “Chora Comigo”. Afinal, não são raros os momentos em que jurados e participantes se emocionam com alguma apresentação ou depoimento. Algo que, na verdade, é até meio lugar-comum nesse tipo de programa.

Nos bastidores, o público conhece melhor os candidatos graças à atuação de Ticiane Pinheiro, que conversa com os jovens cantores fora do palco e esbanja carisma e simpatia. Rodrigo também não faz feio, embora tenha a mania chata de, vez por outra, “conversar” com o telespectador enquanto os competidores ainda estão se apresentando.

PRÊMIO EMMY

Na Record, ao que parece, o “Canta Comigo” tem futuro. O reality show surpreendeu e concorrerá na categoria de Entretenimento sem Roteiro do Emmy Internacional – esta foi a primeira indicação que a emissora recebeu até hoje para a premiação. Além disso, uma edição de fim de ano, o “Canta Comigo – Especial All Stars”, vai reunir vencedores de outros talent shows musicais da tevê brasileira. Mais uma prova de que o formato está correspondendo bem às expectativas da direção da emissora.

Publicidade