09 de agosto de 2022 Atualizado 22:06

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cinema

Projeto Pontos MIS é retomado em Americana com clássico nacional

"Abril Despedaçado" será exibido em duas sessões gratuitas no Museu de Arte Contemporânea da cidade

Por Marina Zanaki

26 de junho de 2022, às 09h07

O clássico nacional “Abril Despedaçado” (2001) foi o filme escolhido para a retomada do projeto Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) em Americana. O longa-metragem será exibido em duas sessões nesta segunda-feira (27), às 14h30 e às 19h30, no MAC (Museu de Arte Contemporânea) Americana. A entrada é gratuita.

Dirigido por Walter Salles, o filme transporta para o nordeste brasileiro a história de vinganças e violências do livro homônino escrito pelo albanês Ismail Kadare. Na trama, o jovem Tonho (Rodrigo Santoro) é impelido pelo pai (José Dumont) a vingar a morte de seu irmão mais velho, vítima de uma luta ancestral entre famílias pela posse da terra.

O filme mostra a relação de vingança e ódio entre famílias pela posse da terra – Foto: Divulgação

Ele sabe que, se conseguir cumprir a vingança, será perseguido por um membro da família rival, seguindo o código que impera na região. Angustiado pelas perspectivas que tem à frente e instigado pelo irmão mais novo, Pacu (Ravi Ramos Lacerda), Tonho começa a questionar a lógica da violência. É neste contexto que os artistas Salustiano (Luiz Carlos Vasconcelos) e Clara (Flavia Marco Antonio) chegam à cidade com seu pequeno circo itinerante.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Abril Despedaçado” ganhou o Globo de Ouro e o BAFTA como melhor filme estrangeiro e representou o Brasil no Oscar. O longa impulsionou a carreira de Rodrigo Santoro, que vive o personagem principal. Em março deste ano, o ator fez uma publicação em suas redes sociais recordando a produção.

“Tonho é um pouco desse Brasil que sonha, luta e tenta mudar. Não aceita o ciclo de violências entre famílias que lhe foi imposto por tradição. Representa os olhos marejados de esperança e fé enquanto sobrevive em um chão desigual e sofrido. Tonho volta o seu olhar para o amor. Encontra Clara. Recusa-se a dar continuidade ao seu destino cruel e corre pro mar em busca de imensidão. Tonho é um pouco desse Brasil”, escreveu Rodrigo Santoro.

Fãs de literatura têm espaço reservado no LIBERAL

O projeto Pontos MIS terá sessões quinzenais. “O cinema nacional é um pilar essencial de nossa cultura e ver o MAC de portas reabertas para o público nos traz muita satisfação”, disse a secretária de Cultura e Turismo de Americana, Marcia Gonzaga Faria.

“Abril Despedaçado” tem classificação indicativa de 12 anos. A recomendação é que o público utilize máscara durante a sessão. O MAC Americana fica na Avenida Brasil, número 1293, Jardim São Paulo. 

Publicidade