22 de abril de 2021 Atualizado 23:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura na região

Prefeitura de Santa Bárbara lança biblioteca digital com ebooks gratuitos

Leitores poderão "emprestar" livros digitais de acervo com mais de seis mil obras

Por Leonardo Oliveira

06 abr 2021 às 18:34 • Última atualização 07 abr 2021 às 10:10

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste lançou, nesta terça-feira (6), uma biblioteca digital com cerca de seis mil ebooks e audiolivros gratuitos para a população. O acervo pode ser acessado pelo site www.santabarbara.sp.gov.br/bibliotecadigital. 

Plataforma já está disponível – Foto: Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste / Divulgação

Lá, os leitores encontrarão produções das mais diversas áreas, como ciência e tecnologia, religião, biografias, literaturas e empreendedorismo. A iniciativa é da Secretaria de Cultura e Turismo, em parceria com as empresas Recode e Tocalivros.

O projeto leva o nome de ‘Biblioteca Digital’ e surgiu como uma alternativa para permitir o acesso à leitura nesse momento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Ao entrar na plataforma online, o internauta precisará fazer um cadastro para receber um email com o regulamento de uso em até 24 horas.

Após concordar com o regulamento, a conta é ativada e os empréstimos serão liberados. A biblioteca possui livros em formato digital (eBooks) e audiolivros (livros em formato de áudio com conteúdo adaptado do original).

O leitor poderá “pegar emprestado” os materiais, de maneira online, e terá até 30 dias para ler. Se fizer mais de dois empréstimos por semana, terá o cadastro bloqueado por 30 dias pelo sistema. A devolução do livro é automática após o período de empréstimo e pode ser realizada antes da data final.

“É uma grande felicidade receber de presente a Biblioteca Digital da Recode, organização que admiramos e realiza um trabalho importantíssimo no desenvolvimento social de comunidades. O serviço é essencial neste momento que não podemos abrir nossas portas para leitores”, comentou o secretário de Cultura e Turismo, Evandro Felix.

Publicidade