22 de maio de 2022 Atualizado 18:29

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Ponto Mis

Obra-prima de cineasta alemão é atração do “Bate-Papo de Cinema”

Filme "Paris, Texas" fica disponível até sábado, mesmo dia em que ocorre um debate online e ao vivo sobre a obra

Por Isabella Holouka

01 Julho 2021, às 18h15 • Última atualização 01 Julho 2021, às 18h16

O projeto online “Bate-Papo de Cinema”, realizado pelo Ponto MIS (Museu da Imagem e do Som) e promovido pelas prefeituras de Americana e Hortolândia exibirá o filme “Paris, Texas”, considerada a obra-prima do cineasta alemão Wim Wenders, a partir desta quinta-feira (1) até o sábado (3). 

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Quem quiser assistir, deve fazer inscrição por meio deste formulário. O longa-metragem abre a mostra “Ponto MIS Belas Artes”, em parceria com o serviço de streaming Belas Artes À La Carte, que exibirá neste mês produções cinematográficas de diferentes países.

 O projeto também promoverá um debate sobre o filme, neste sábado. Participam do debate o crítico de cinema Marcelo Lyra, e a diretora executiva do Belas Artes Grupo (empresa responsável pelo serviço de streaming), Juliana Brito. A mediação será da cineasta Giuliana Monteiro. 

Filme conta a história de um homem que é encontrado vagando com amnésia – Foto: Divulgação

O bate-papo será transmitido ao vivo, às 18h, pelo canal do YouTube do Ponto MIS, com interpretação em Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) para deficientes auditivos.

Aclamado pela crítica, “Paris, Texas” é o filme que consagrou internacionalmente o diretor Wim Wenders, um dos principais nomes do chamado “Novo Cinema Alemão”, movimento dos anos 1960-1970. 

O filme conta a história de Travis Henderson, um homem que é encontrado com amnésia, vagando num deserto na região sul dos Estados Unidos. Aos poucos, ele recupera as recordações da sua vida e é acolhido pelo irmão, Walt, e a esposa dele, Anne. Com o casal vive também o menino Hunter, que é o filho de Travis. O garoto volta a se identificar com o pai. A partir daí, Travis decide retomar contato com sua esposa, Jane, para tentar arrumar sua vida novamente.

Outro destaque do filme é a trilha sonora, composta pelo músico americano Ry Cooder, reconhecido por seu trabalho como guitarrista de blues. O filme é estrelado por Harry Dean Stanton (Travis Henderson), Nastassja Kinski (Jane) e Dean Stockwell (Walt). “Paris, Texas” ganhou a Palma de Ouro (Melhor Filme), no renomado Festival de Cannes, em 1984.

Publicidade