15 de setembro de 2021 Atualizado 19:24

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Projeto

Novo projeto da Cia Arte-Móvel tem biblioteca virtual e leitura de dramaturgias

“Leia um Drama” inicia nesta sexta-feira com uma live e segue com leituras dramáticas até 31 de julho

Por Isabella Holouka

23 jul 2021 às 07:29 • Última atualização 23 jul 2021 às 08:11

É das obras dramatúrgicas que nascem grandes estímulos à toda a comunidade artística, resultando em aclamados espetáculos teatrais. Mas o acesso a este gênero literário estruturado em diálogos e atos é difícil tanto para artistas quanto para o público em geral.

A percepção deste cenário é o que impulsiona a Cia Arte Móvel, companhia teatral de Santa Bárbara d’Oeste, em seu novo projeto aprovado pela Lei Aldir Blanc, intitulado “Leia um Drama”.

O projeto prevê a disponibilização de uma biblioteca virtual com mais de 300 obras teatrais renomadas e oito sessões presenciais de leitura dramática com grupos teatrais de Santa Bárbara d’Oeste.

Projeto é promovido através da lei federal Aldir Blanc – Foto:

A intenção da iniciativa orientada pelo diretor Otávio Delaneza é apresentar o gênero dramático como um gênero válido para a formação de leitores, aproveitando a potencialidade dos textos para estimular a imaginação e ajudar no desenvolvimento de múltiplas habilidades no leitor.

O projeto tem início nesta sexta-feira (23), através de live com o dramaturgo paulistano Alexandre Dal Farra, às 20h no Instagram da Cia Arte-Móvel. Alexandre é doutorando pela ECA/USP (Escola de Comunicações e Artes, da Universidade de São Paulo), dramaturgo, diretor e escritor premiado, cujas peças foram traduzidas e encenadas em diversos países.

O tema do encontro é “Teatro contemporâneo e Política no Brasil Atual”, e o público poderá interagir com o convidado, através da mediação de Delaneza.

Otávio Delaneza (centro) e atores da Cia Arte-Móvel – Foto: DIVULGAÇÃO

A biblioteca virtual do projeto será disponibilizada logo após a live. Os textos compõem o acervo pessoal do diretor e podem ser acessados e utilizados para montagens teatrais, desde que respeitando os direitos autorais de cada um. No próprio site, pode-se encontrar canais de comunicação com os órgãos responsáveis.

Já as leituras dramáticas serão realizadas de forma presencial e controlada no CEU das Artes entre 24 e 31 de julho, sempre às 19 horas. “A leitura dramática é uma leitura em público, fazendo uso de cenografia, figurino, maquiagem, porém com o texto na mão. É uma leitura estudada”, explica Delaneza.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Para reservar lugar, o público deve entrar em contato através do WhatsApp (19) 99955.3099. Mais informações podem ser encontradas no site do projeto.

“Leia um drama” é um projeto realizado pelo Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura, Prefeitura Municipal de Santa Bárbara d’Oeste e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, com recursos da Lei Aldir Blanc.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE LEITURAS DRAMÁTICAS:

Dia 24 – “A caravana da ilusão”, de Alcione Araújo, com a Cia Arte-Móvel
Dia 25 – “Dois perdidos numa noite suja”, de Plínio Marcos, com a Cia Karuna
Dia 26 – “O menino do dedo verde”, de Daniel Olivetto e Marcelo de Souza, com o Núcleo Artístico Corpus
Dia 27 – “Quando as máquinas param”, de Plínio Marcos, com a Cia Gramelô
Dia 28 – “O arquiteto e o imperador da Assíria”, de Fernando Arrabal, com o Grupo de Teatro Mirabolantes
Dia 29 – “O menino maluquinho”, de Ziraldo, com a Cia Xekmat
Dia 30 – “Delírio a dois”, de Eugene Ionesco, com a GET Miragem
Dia 31 – “Toda nudez será castigada”, com o grupo Lumos de Teatro

Publicidade