28 de maio de 2022 Atualizado 13:47

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura na região

No Tivoli, exposição promove olhar crítico sobre vestimentas femininas do século XIX

Visitantes conferem estruturas que eram utilizadas debaixo das roupas com o objetivo de modelar o corpo das mulheres

Por Isabella Holouka

17 Julho 2021, às 07h42

Aberta ao público nesta semana, a exposição “O Design do Corpo Feminino no Século XIX” promove um olhar atento sobre as icônicas vestimentas utilizadas no século XIX, sob as óticas da cultura, da moda e da arte. A nova atração do Tivoli Shopping, em Santa Bárbara d’Oeste, é realizada em parceria com o Bureau Moda & Mercado.

Criada pela professora, historiadora e consultora de moda Maria Alice Ximenes, mesma idealizadora da exposição sobre colorimetria promovida em junho, a mostra tem apoio cultural da Fatec Sumaré e conta com curadoria de Bruna La Serra.

A nova exposição de moda pode ser conferida na área da Expansão, próximo à Kalunga, gratuitamente até o dia 10 de agosto, seguindo o horário de funcionamento do shopping.

Aos sábados, das 16h às 17h, a própria Maria Alice vai oferecer visitas guiadas, em que irá mostrar as peças e objetos de época e explicar detalhes da exposição ao público interessado gratuitamente.

“O grande objetivo dessa exposição é mostrar o quanto o corpo feminino esteve exposto a muitas transformações ao longo do tempo, fruto de uma sociedade patriarcal e machista, que redesenhou o corpo das mulheres – ora com ancas muito grandes, ora com traseiros muito volumosos – tudo isso para satisfação visual do homem”, comentou Bruna.

“O Design do Corpo Feminino no Século XIX” – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

“Hoje é possível notar que algumas mulheres ainda gostam de aumentar e modelar partes do corpo, mas agora isso é uma escolha da mulher. Naquela época era um padrão imposto e as mulheres eram obrigadas a se submeterem a isso”, acrescentou ainda.

Maria Alice completou: “Vamos mostrar o quanto o corpo feminino já esteve modelado, em várias formas. Ninguém imagina que por debaixo dos vestidos e saias que as mulheres usavam antigamente existiam essas arquitetônicas obras. E vendo isso de perto, as pessoas vão conseguir entender como era o movimento e o peso disso no corpo da mulher”, disse.

“O Design do Corpo Feminino no Século XIX” – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

As peças em exposição foram criadas por Maria Alice, após muita pesquisa. “Como curadora, é importante destacar que esta exposição é fruto de uma pesquisa pioneira de moda na Unicamp, que gerou até livro. O acervo possui peças originais do século XIX que vieram de uma família instalada no Brasil naquela época, em Campos do Jordão. As réplicas seguiram criteriosa pesquisa que Maria Alice demonstrou fôlego para desenvolver, muitas delas foram realizadas em Paris, no Musée de la Mode et Du Textile”, conta Bruna.

Maria Alice destaca ainda a importância de a exposição estar disponível no shopping.

“Qualquer pessoa poderá visitar, e isso significa democratizar o acesso ao conhecimento, à história. Creio que será uma exposição que vai transmitir muita informação aos visitantes. A moda reflete muito sobre os valores da época e as roupas são capazes de contar a história da sociedade”, concluiu a idealizadora da exposição, em nota divulgada à imprensa.

Publicidade