28 de setembro de 2021 Atualizado 21:52

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura na região

Hortolândia divulga podcast e oficinas de dança promovidas através da lei Aldir Blanc

Oficinas serão presenciais e acontecem neste sábado (24), com duas turmas

Por Isabella Holouka

23 jul 2021 às 16:19

A Prefeitura de Hortolândia continua a apoiar os projetos contemplados pela lei federal Aldir Blanc no município, e divulga o podcast “Apoteótico” e oficinas de danças urbanas.

Nesta quinta-feira (22), estreou o podcast “Apoteótico”, com a proposta de promover conversas descontraídas sobre artes, cultura pop e temas relacionados à cidade com um clima de bate-papo entre amigos. São dois episódios e o primeiro foi exibido no canal do YouTube da Secretaria de Cultura.

O primeiro episódio conta com a participação do Coletivo Magawa, formado pelas atrizes Gisele Jorgetti e Thairine Barbosa, que falam sobre o processo de montagem do espetáculo teatral “Com Que Vacina É Essa”, que também foi contemplado pela Lei Aldir Blanc.

Já o segundo episódio, a ser exibido na próxima quinta-feira (29), às 11h, será com o ilustrador e arte-educador Rafael Ghiraldelli. O convidado conversará sobre o trabalho de criação do curta-metragem “Temporário”, também contemplado pela lei Aldir Blanc, com estreia prevista para a próxima semana.

O podcast já tem outros 15 episódios gravados que o público pode conferir no Instagram ou em outras plataformas digitais.

Oficina presencial será ministrada pela professora Luiza Isa – Foto: Imprensa – Prefeitura de Hortolândia

Já as oficinas de danças urbanas serão promovidas pela academia DançArt neste sábado (24). As atividades serão presenciais na própria academia com duas turmas, às 9h (oficina de hip hop) e às 11h (oficina de street dance). Estão disponíveis oito vagas para cada turma. Os interessados devem se inscrever pelo telefone (19) 98160-5919.

A academia recomenda aos participantes para que no dia da oficina utilizem roupas em malha confortáveis, sapatilhas ou meias nos pés e a trazer garrafa de água e toalha de rosto próprios. A atividade seguirá os protocolos sanitários, com o uso obrigatório de máscara, medição de temperatura e disponibilização de álcool em gel para higienização.

O hip hop tem vários estilos, sendo que um deles é o breakdance. A modalidade trabalha expressão, intensidade e força dos movimentos. Já a street dance explora coordenação, equilíbrio e movimentos do cotidiano como, andar, saltar e correr. A modalidade também trabalha a sincronia em grupo através de sequências mais elaboradas. A oficina será ministrada pela professora Luiza Isa, que leciona na academia.

Publicidade