23 de maio de 2022 Atualizado 12:31

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura na região

Evento reúne mais de 30 artistas da região neste domingo

Grafiteiros revitalizarão espaço no entorno de projeto social que atende 150 crianças em Sumaré

Por Marina Zanaki

15 Janeiro 2022, às 09h20

Serão pintados cerca de 100 metros de muro; espaço começou a ser colorido na primeira edição do evento, em outubro - Foto: Divulgação

O muro da montadora Honda, na Área Cura, em Sumaré, será transformado neste domingo (16). Mais de 30 artistas da região e da capital paulista se reúnem na segunda edição do “Vidas e Cores”, a partir das 9h. A ação é realizada pelo Projeto Vulcão, que atende mais de 150 crianças. A ação tem como objetivo revitalizar muros e paredes no entorno da sede do projeto, através de cores e traços da arte urbana, transformando a região em uma grande galeria a céu aberto.

Atendendo aos pedidos dos pequenos que fazem parte do programa social, os desenhos terão como temática heróis, quadrinhos e animes. Serão pintados cerca de 100 metros do muro, completando o espaço que já começou a ser colorido na primeira edição do evento, em outubro.

A ação teve um forte impacto e mobilizou muitas pessoas, segundo Aldo da Silva Barbosa, conhecido como Aldinho, um dos organizadores do projeto. A aposta é repetir o sucesso na nova edição, que conta com artistas de diversas cidades.

Estarão presentes grafiteiros e também coletivos com foco em caricaturas e retratos. Entre os nomes, estão os renomados Luiz Gustavo Paffaro e Paulo Branco, que venceram o Mapa Cultural Paulista, entre outros prêmios.

“É um muro bastante extenso e não foi possível fazer tudo em apenas um dia. O intuito é tornar esse muro, todo pichado e feio, em um lugar legal e bonito”, contou Aldinho.

O evento é aberto ao público e vai contar com brinquedos como pula-pula, cama elástica e sorteio de brindes. Está confirmada também a apresentação da Equipe de Manobras Radicais de Moto a partir das 10h. A ação ocorre na Rua Vitor Argentino, na Área Cura, em frente à sede do Projeto Vulcão.

O “Vidas e Cores” nasceu dentro da entidade, estimulando as crianças a produzirem arte com diversas técnicas. Mas no ano passado ultrapassou os muros do Projeto Vulcão e ganhou as ruas. O objetivo é tornar o espaço que está sendo revitalizado em uma galeria de arte a céu aberto, recebendo mostras e feiras culturais.

Presidente do Projeto Vulcão, Márcio Luiz disse que a expectativa é que seja realizado um evento já no final de março, entre os dias 18 e 20, com a participação da comunidade. Segundo ele, a Mostra de Artes será uma oportunidade para as pessoas exporem seus talentos. “A missão é fomentar a arte e a cultura e revelar novos artistas”, explicou. O projeto conta com a curadoria dos artistas Leandro Kranium e Aldinho Artes. “Vidas e Cores” tem apoio da Colorgin Arte Urbana e da multinacional Honda.

SOCIAL. O Projeto Vulcão atua há 10 anos em Sumaré, atendendo crianças no contraturno da escola. São oferecidas atividades como Jiu-Jitsu, artes e futebol. Segundo a entidade, o objetivo é colocar vidas e sonhos em erupção, despertando os talentos dos que participam do projeto.

Publicidade