19 de outubro de 2020 Atualizado 16:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Cultura na região

Escritora de Americana lança nesta terça-feira livro infantil

Livro é o primeiro de uma série chamada “Os Bonecos Panolongueses”, cujas histórias serão voltadas para o desenvolvimento pessoal

Por Isabella Holouka

22 set 2020 às 08:36

Incentivar o autoconhecimento e fortalecer a valorização identitária é o principal objetivo por trás do livro infantil “O que tem embaixo do pano?”, da americanense Michele Lopes, cujo lançamento acontece nesta terça-feira (22) em live pelo Facebook e YouTube da Editora Adonis, às 19 horas.

A autora Michele Lopes é mestre e doutora em coaching e tem experiência com desenvolvimento infantil em trabalhos sociais – Foto: Divulgação – Editora Adonis.JPG

Michele é mestre e doutora em coaching pela FCU (Florida Christian University), nos Estados Unidos, e tem experiência em desenvolvimento infantil em trabalhos sociais.

O livro é o primeiro de uma série chamada “Os Bonecos Panolongueses”, cujas histórias serão voltadas para o desenvolvimento pessoal, tendo como foco o público infantil.

A história de “O que tem embaixo do pano?” se passa em um país feito de tecido, onde os bonecos de pano Ben, Alva e Gael vivem. “Eles vão descobrir o que está por trás, por dentro de si mesmos, que vai muito além do que aparentemente conseguimos ver e detectar”, conta a autora, em entrevista ao LIBERAL.

“O objetivo do livro é o autoconhecimento, a descoberta da identidade e a resposta de quem eu sou. A pergunta ‘quem eu sou’ é tão pequena, tão simples, mas tão profunda, e muitas vezes as pessoas têm dificuldade em responder”, afirma Michele.

No primeiro livro da série, os três personagens são bonecos de pano com características diferentes, que conversam com o alfaiate, embora a figura do criador não seja representada.

Através de trocadilhos, que precisam ser decifrados para que as crianças acompanhem a história, valores humanísticos são apresentados às crianças.

“O alfaiate explica que eles são iguais, porém diferentes. Eles começam a se conhecer, primeiro com a percepção do outro sobre eles mesmos. Em um certo momento, o alfaiate explica que, mais importante do que há por fora, é o que tem por dentro”, revela a autora. “Então eles fazem uma viagem, dentro deles mesmos. É uma grande aventura”, completa.

Segundo a autora, a importância do tema está no fato de que muitas pessoas têm dificuldade em buscar o autoconhecimento.

Além disso, quando o fazem, é comum a dependência do outro para uma percepção sobre si, outro problema para a valorização da própria identidade.

“O mais importante não é criar a sua identidade pela percepção do outro, mas conhecer a sua identidade pela sua própria percepção, uma dificuldade que muita gente tem”, explica Michele.

DINÂMICA. O livro “O que tem embaixo do pano?” propõe uma dinâmica, que pode envolver não só as famílias, como também pode ser realizada entre amigos, ou até mesmo nas igrejas e escolas, como sugere a autora. O acesso à atividade é pelo aplicativo ou pelo site da Editora Adonis.

“Quando eu construí esse livro eu pensei na reconstrução da identidade familiar, com o fortalecimento emocional individual dentro da família. Pensei também nas igrejas, que podem trabalhar o livro em seus departamentos infantis. E principalmente nas escolas, devido à competitividade e a necessidade de ser aceito pelas outras pessoas”, explica.

“Conseguir detectar como o pai e a mãe a vê fortalece a criança. E ela também tem a oportunidade de dizer aos familiares como os vê, porque independentemente de sermos adultos, estamos sempre em um processo de evolução e precisamos construir e fortalecer a nossa inteligência emocional e a nossa identidade também”, conclui.

Publicidade