16 de julho de 2020 Atualizado 10:42

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Seriados

Do drama ao suspense, 20 séries para assistir durante o isolamento social

Nesta edição, jornalistas do LIBERAL indicam uma seleção delas, incluindo premiadas e grandes sucessos entre o público

Por Da Redação

24 Maio 2020 às 11:44 • Última atualização 24 Maio 2020 às 11:47

Que tal aproveitar a quarentena para maratonar uma série? Nesta edição, jornalistas do LIBERAL indicam uma seleção delas, incluindo premiadas e grandes sucessos entre o público. Nos mais diferentes gêneros e contextos, elas trazem histórias capazes de emocionar, encantar, surpreender e, claro, garantir um pouco de diversão para esses tempos de pandemia.

Prepara a pipoca e divirta-se: 20 opções de séries para maratonar – Foto: Image by Jan Vašek from Pixabay

Indicações de Rodrigo Alonso, repórter de Esportes:
Três É Demais (Full House)
Após a morte da esposa, um pai solteiro de três filhas convida o cunhado e o amigo para morarem com ele e ajudarem na criação das crianças. É uma comédia para todas as idades, encerrada em 1994.
Onde assistir: Netflix
The Boys
Normalmente, super-heróis se doam para ajudar o próximo, mas “The Boys” ignora esse clichê. Nessa série, eles lutam por fama e dinheiro, usam seus poderes para benefício próprio e se tornam vilões.
Onde assistir: Amazon

Indicações de Marina Zanaki, repórter de Cidades:
This Is Us
Uma série para rir, se emocionar e chorar (muito). This is us conta a história de uma família com um olhar tão universal que é impossível não se identificar. É uma série sobre a vida, suas alegrias e tristezas.
Onde assistir: Amazon Prime Video
Eu Nunca
A adolescente Devi teve um ano difícil: perdeu o pai e teve paralisia temporária. A adolescente de origem indiana que mora nos EUA quer superar tudo isso e aproveitar a juventude. A série aborda os conflitos adolescentes de forma bem humorada e original.
Onde assistir: Netflix

Indicações de André Rossi, repórter de Cidades:
Star Trek: Enterprise
Apesar de ser a quinta série em ordem cronológica, “Star Trek: Enterprise” serve como prelúdio para a famosa franquia televisiva de ficção científica. Com apenas quatro temporadas, a história acompanha a primeira nave humana com velocidade de sobra capaz de explorar o universo. Discussões filosóficas e um excelente elenco fazem de “Enterprise” a melhor porta de entrada para novos fãs.
Onde assistir: Netflix
Barry
Um assassino de aluguel em depressão que se descobre apaixonado por teatro e resolve mudar de vida. A sinopse de “Barry” é peculiar. Protagonizada pelo excelente Bill Hader, a série é pautada pelo humor, flerta com o suspense e acaba entregando um drama maduro e envolvente. Duas temporadas de uma excelente série pouco comentada por aqui.
Onde assistir: HBO Go

Indicações de Maíra Torres, repórter e produtora do Liberal no Ar:
Anne With an E
Baseada no livro clássico “Anne de Green Gables” a série “Anne with an E” traz poesia, romance, problemas sociais e drama da maneira mais singela e literária possível. Anne é uma menina ruiva que passou treze anos sofrendo no sistema de assistência social, até ser adotada por uma solteirona e seu irmão, que desejavam, na verdade, um menino. Exibindo sua inteligência, perseverança e jeito único de ser, Anne acaba mudando a vida de sua nova família e comunidade, enquanto busca por aceitação e entendimento de quem realmente é. Com maestria, a produção consegue abordar temas contemporâneos como homofobia, feminismo e igualdade de gênero mesmo sendo uma série de época.
Onde assistir: Netflix
Vidrados
“Vidrados” é um reality show de competição que traz alguns dos melhores artesãos sopradores de vidro do mundo para realizarem esculturas em busca de um prêmio. Cada episódio tem um tema que rege também a arte em vidro, trazendo ao espectador um espetáculo de imagens maravilhosas com fogo, vidro derretido, pronto, colorido, em fabricação manual e até mesmo quebrado. Com 10 episódios de 25 minutos, a série envolve por mostrar o processo criativo, a fabricação e a tensão de produzir uma peça de arte em vidro com tema e tempo limitados, principalmente diante dos vários imprevistos.
Onde assistir: Netflix

Indicações de Isabella Holouka, repórter de Cidades:
Gabriela
Clássico de Jorge Amado, com telenovela de Walcyr Carrasco e Juliana Paes como Gabriela. Ela coloca à prova sensações e comportamentos morais, alheia aos costumes da época, com questionamentos que continuam atuais.
Onde assistir: Globo Play e YouTube
The OA
Uma garota cega desaparece e retorna curada sete anos depois. Apesar de recusar explicações às autoridades, ela forma um grupo para contar sua história e ajudar outras pessoas desaparecidas com um portal para outra dimensão.
Onde: Netflix

Indicações de Diego Juliani, editor de Cidades:
Perdidos no Espaço
Série de ficção científica baseada na clássica história de 1965.
Mostra as aventuras da família Robinson, colonos espaciais que se perdem na ida para Alpha Centauri. Fotografia impecável e ótimos efeitos especiais marcam as duas temporadas lançadas até agora.
Onde assistir: Netflix
A Maldição da Residência Hill
Narra a vida de uma família que se muda para uma casa amaldiçoada.
Porém, a série não é mais do mesmo no gênero de terror e explora com maestria o lado psicológico dos personagens. Uma segunda temporada já foi confirmada.
Onde assistir: Netflix

Indicações de Bruno Moreira, editor de Cidades e coordenador de Jornalismo das rádios Você AM e FM Gold:
The Morning Show
Drama estrelado por Jennifer Aniston, Reese Witherspoon e Steve Carell mostra o bastidor insalubre do programa de TV queridinho dos EUA e as relações pessoais comprometidas pela má conduta sexual do apresentador Mitch Kessler (Carell). Teve uma temporada de 10 episódios. A segunda está confirmada, mas com estreia incerta devido ao impacto da pandemia do novo coronavírus na rotina de gravações.
Onde assistir: Apple TV+
True Detective
Na primeira temporada, a que estou assistindo, a produção utiliza múltiplas linhas do tempo para traçar a busca de dois detetives por um assassino em série no estado da Louisiana, ao mesmo tempo em que esmiúça esses investigadores (Matthew McConaughey e Woody Harrelson) para além do trabalho no caso. Ao todo, são três temporadas, cada uma com uma história diferente.
Onde assistir: HBO Go, NOW e SKY Play

Indicações de Talita Bristoti, editora-assistente:
Gilmore Girls
Uma das primeiras séries que vi na vida, Gilmore Girls tem uma trama aparentemente simples: a história de uma mãe e filha. Lorelai teve Rory aos 15 anos e decidiu se distanciar dos pais, sendo acolhida na pequena cidade de Stars Hollow. É um seriado sobre amor, família, amizades, perdão e, principalmente, como as nossas relações podem ser complicadas e simples ao mesmo tempo.
Onde assistir: Netflix
Sinner
Com duas temporadas já disponíveis na Netflix, o seriado policial tem uma trama que prende a atenção do telespectador. São oito episódios em cada temporada, cada uma sobre um crime diferente, abordando assuntos como drogas, sexo e religião. É daqueles suspenses bons e que valem a pena!
Onde assistir: Netflix

Indicações de Luciano Assis, editor +Cult:
Twin Peaks
Em 1992, uma série mudou o mundo dos seriados. “Twin Peaks”, uma criação de David Lynch e Mike Frost trouxe estranheza e subjetividade a uma linguagem tradicionalmente tida como escapista. Em 2017, Lynch voltou à saga da morte da jovem Laura Palmer, novamente subvertendo a linguagem cinematográfica.
Onde assistir: Netflix
The Ballad of Buster Scruggs
Os Irmãos Joel e Ethan Coen sempre gostaram de brincar com gêneros do cinema. Aqui, nesta série de curta duração feita para a Netflix, eles subvertem o faroeste através de seis histórias que ainda dão um panorama ácido dos EUA.
Onde assistir: Netflix

Indicações de João Colosalle, editor-executivo:
The Crown
Um drama biográfico sobre a realeza britânica, que tem como figura central o reinado da Rainha Elizabeth II. Com quatro temporadas, foi vencedora do Globo de Ouro de melhor série dramática.
Onde assistir: Netflix
Fargo
Aclamada pela crítica, a série traz em três temporadas diferentes enredos de crimes em cidadezinhas geladas dos EUA. Em comum entre as histórias, porém, personagens caricatos e desfechos irônicos.
Onde assistir: Netflix