30 de novembro de 2020 Atualizado 11:38

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Concerto

Com ingressos esgotados, João Carlos Martins promete emocionar Americana

Em entrevista ao LIBERAL, maestro garante que vai mexer com a emoção do público na apresentação deste domingo em Americana

Por Natália Velosa

24 out 2020 às 09:20

Considerado um dos maiores intérpretes da obra do alemão Johann Sebastian Bach, o maestro e pianista João Carlos Martins se apresenta neste domingo (25) em Americana para homenagear o compositor com o concerto “Na Roda com o Maestro”.

O concerto será gratuito e João Carlos Martins defende que esse exercício é de suma importância para a democracia. “Se todos os artistas clássicos, de ponta, forem ao encontro de todos os segmentos da sociedade e tocarem da mesma forma que tocam em teatros, eles estarão ajudando a democratizar a música clássica no Brasil”, defende.

Aos 80 anos, o maestro João Carlos Martins defende a democratização da música clássica – Foto: Fernando Mucci

Em entrevista ao LIBERAL na última quinta-feira, o maestro disse que a pior coisa que aconteceu na sua vida “foi perder a mão para o piano”. Mas, ao mesmo tempo, revelou que também foi a melhor já que a partir desse momento passou a enxergar o mundo de uma outra maneira e a responsabilidade social começou a fazer parte do seu cotidiano.

“No que diz respeito à alma e ao coração, sempre entrei no palco procurando levar emoção ao público. Agora eu entro com a obrigação de que as pessoas participem e se unam à minha emoção. No que diz respeito à responsabilidade social, eu tento levar aos jovens esse universo fantástico da música clássica”.

Em cada participação que faz, João Carlos Martins conta que olha para os músicos e diz: “Nós estamos aqui para realizar o concerto mais importante das nossas vidas”. Ele reafirma a frase para o concerto de amanhã na cidade. “E assim será em Americana também”, garante.

Pandemia
Aos 80 anos e com carreira internacional, João Carlos Martins já tocou em teatros ao redor do mundo, mas é o primeiro ano que se apresenta em formato drive-in ou através de lives.

A última apresentação em transmissão ao vivo já marca um milhão de visualizações e por isso o maestro acredita que esse formato “é uma vitória para a música clássica”.

“Assim, posso ver que a frase de um grande jornalista, Gilberto Dimenstein, é certa em dizer que o contrário da vida não é a morte. O contrário da vida é a repetição. Em outras palavras, a inovação é algo muito necessário, principalmente durante a pandemia”, afirma.

A imersão no mundo digital começou há dois anos, quando João Carlos criou uma conta no Instagram (@maestrojoaocarlosmartins) para mostrar à nova geração o pianista que foi no passado.

Agora, durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), conta que tem se dedicado praticando piano com as luvas biônicas. Foi somente com elas que após 22 anos o pianista pode encostar novamente os 10 dedos no teclado.

Serviço
A apresentação deste domingo será no sistema drive-in, no estacionamento da loja Maravilhas do Lar, na Avenida Afonso Panzan, Vila Bertine, a partir das 19h. Os convites se esgotaram no mesmo dia em que foram disponibilizados.

A apresentação será transmitida ao vivo pelo Facebook da loja Maravilhas do Lar. Mais informações: (19) 3256 4500 / contato@dcolor.art.br.

*Estagiária sob supervisão de Valéria Barreira

Publicidade