01 de agosto de 2021 Atualizado 19:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura na região

Atrações da lei Aldir Blanc alcançaram público de 66,7 mil pessoas em Santa Bárbara

De acordo com balanço divulgado nesta quarta, lei também gerou 567 oportunidades de trabalho diretas aos trabalhadores culturais

Por Isabella Holouka

16 jun 2021 às 18:55

Mais de 66 mil pessoas foram alcançadas com ações culturais através da lei Aldir Blanc em Santa Bárbara d’Oeste. Ao todo, o público foi de 66.756 pessoas, com a execução de 84 projetos de artistas locais.

Do total de projetos, segundo a Secretaria de Cultura e Turismo, 20 já foram concluídos e outros 30 estão ocorrendo no momento. Dentre eles, 47,5% são feitos somente on-line, 15% presencialmente e 37,5%, de forma presencial e on-line.

Além disso, segundo o balanço divulgado nesta quarta-feira (16), foram 567 oportunidades de contratações diretas para profissionais da cultura e mais de 300 contratações indiretas de prestadores de serviços ou produtos. “Cumprindo também missão de chegar em todas as pontas dos trabalhadores culturais barbarenses, que tiveram suas ações e seus recursos interrompidos pela pandemia”, traz a nota.

20 projetos culturais já foram concluídos e outros 30 estão ocorrendo no momento – Foto: Giovanna Angelo – Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste

Segundo o secretário de Cultura e Turismo, Evandro Felix, a Secretaria continua monitorando de perto as realizações e auxiliando proponentes nas diferentes etapas do processo.

“A lei Aldir Blanc serviu como um respiro para os trabalhadores da arte e conseguiu alcançar ótimos resultados até o momento, possibilitando que a população tivesse acesso à cultura e os recursos fossem distribuídos para um expressivo número de profissionais da área”, disse.

Em parceria com a Lei Aldir Blanc, a Prefeitura contemplou 52 propostas e oito espaços, em repasses de aproximadamente R$ 1,2 milhão. As ações da Lei são realizadas por meio do Governo Federal, Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste.

Para atender à Lei, a Prefeitura lançou em julho de 2020 o Mapa da Cultura Barbarense, cadastro responsável por coletar dados da área cultural da cidade, quantificar e apresentar direcionamento às políticas públicas para o setor cultural do Município.

Publicidade