28 de maio de 2022 Atualizado 14:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Pessoas e dEficiência

Antologia aborda a inclusão de pessoas com deficiência sob novo olhar

Livro reúne profissionais de diferentes áreas para a propagação de conhecimento e experiência, visando o fim do capacitismo

Por Isabella Holouka

03 Agosto 2021, às 07h28 • Última atualização 03 Agosto 2021, às 07h32

Reunindo quinze autores e com o propósito de promover um olhar interdisciplinar para a inclusão, a psicopedagoga Fabiane Favarelli Navega e o advogado Paulo César Tavella Navega promovem o lançamento nesta quinta-feira (5) da antologia “Pessoas e dEficiência: Diálogos Interdisciplinares Inclusivos”, publicada através da editora Alexa Cultural.

A psicopedagoga Fabiane Favarelli Navega e o advogado Paulo César Tavella Navega são os autores de “Pessoas e dEficiência” – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Fabiane é especialista em educação inclusiva há 21 anos, focando seus estudos e pesquisas na área das altas habilidades ou superdotação, juntamente com seu esposo e companheiro na luta pela inclusão.

Moradores de Piracicaba, eles convidaram profissionais de áreas distintas – como psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, empreendedorismo, política, jornalismo, arquitetura e medicina – para a escrita dos 12 capítulos que compõe o livro.

Além do casal, contribuem Ana Cristina Afonso, Denise Wendland, Andréia Sankako, Lígia Braccialli, Carolina R. Videira, Érica L. Plotek, Samara C. Y Goya, Fabiana Romero Salvador, Gabriella Zubelli, Juliana Santos, Mari Zulian, Michelly Basso e Walter Marinho.

O objetivo da antologia é levar conhecimento aliado às experiências dos autores, para romper barreiras e despertar consciência pela diversidade, empatia e inclusão. A ideia surgiu da vontade de Fabiane e Paulo de promover reflexão e mudanças na sociedade, através de um trabalho coletivo.

“Quem tem pessoas com deficiência na família até sabe alguma coisa, mas quem não tem e nunca teve contato costuma ter muitos preconceitos, e precisamos romper com isso. Esse é o verdadeiro propósito do livro, que traz informação para romper com o capacitismo e o preconceito e ajudar o melhor possível na inclusão”, comentou Fabiane ao LIBERAL.

“As pessoas com deficiência são cidadãs de direito, não podemos mais pensar que elas são seres excluídos, que vivem à parte da sociedade. Muitas trabalham ou estão na escola, são pessoas com protagonismo”, defendeu.

Neste sentido, a psicopedagoga explicou que o uso da letra E maiúscula na palavra deficiência no título do livro visa mostrar que, mesmo com dificuldades ou particularidades, as pessoas com deficiência são eficientes em aprender, fazer e contribuir com a sociedade. “Quando falamos em processo de inclusão, todo mundo sai ganhando, nós que não temos deficiência e as pessoas com deficiência”, complementou.

O uso de tecnologia para auxiliar na acessibilidade é uma ferramenta poderosa de transformação social e, sendo assim, a obra traz uma ferramenta de acessibilidade com a implementação de um QR Code que facilita a leitura para pessoas com deficiência visual.

O lançamento do livro nesta quinta-feira será virtual, iniciando às 20 horas, através do aplicativo Zoom, com acesso disponível a todos os interessados através deste link, com a senha de acesso 995088.

Mais informações sobre o livro e seus autores, bem como a compra de exemplares, podem ser acessados pelo site fabifnavega.wixsite.com/my-site ou pelo endereço da editora, www.alexacultural.com.br.

Publicidade