21 de janeiro de 2021 Atualizado 21:25

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

ESPAÇO MULTICULTURAL

Antiga estação ferroviária vai abrigar museu em Nova Odessa

Espaço será recuperado pela ONG Amigos do Museu Ferroviário Paulista; obra deve começar em julho

Por André Rossi

20 jun 2020 às 08:40 • Última atualização 20 jun 2020 às 08:52

A antiga estação ferroviária de Nova Odessa vai abrigar um museu ferroviário com biblioteca, área para ferromodelismo e com espaço multicultural para contar a história da formação da cidade. O anúncio foi feito pela prefeitura nesta sexta-feira (19).

O projeto faz parte do processo de revitalização da Praça José Gazzetta e será desenvolvida pela ONG Amigos do Museu Ferroviário Paulista, que venceu a licitação. A assinatura do contrato de concessão ocorre na próxima segunda-feira (22) e o trabalho começa em julho.

A antiga estação ferroviária vai abrigar um museu ferroviário com biblioteca, área para ferromodelismo e um espaço multicultural – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Ainda não há prazo para conclusão da obra e início do funcionamento do museu. A prefeitura aponta que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) é um dos fatores que impossibilita tal previsão.

De acordo com o presidente da ONG, Alexandre Valdes, a ideia é criar um museu que seja referência e se torne um grande ponto turístico do Estado. O objetivo é mostrar a importância da ferrovia para o desenvolvimento do Estado, sua “atual situação de decadência” e como ela poderia alavancar o crescimento do País.

“Inicialmente, faremos uma revisão no edifício e, em seguida, iniciaremos as melhorias, com troca de fechaduras e instalação de alarme. Depois, vamos mexer nas partes hidráulica, elétrica e em outros pontos necessários para tornar o prédio mais seguro e próximo da configuração original”, adiantou Valdes.

O contrato terá validade inicial de 12 anos e vai transferir a responsabilidade de gestão e manutenção da estação à ONG. A prefeitura obteve autorização da Superintendência do Patrimônio da União para cessão do imóvel e conversão em espaço cultural em 2014.

O prédio da antiga estação foi inaugurado em 1907. Antes, a ideia era de que o local abrigasse a sede da Guarda Civil Municipal, que já está instalada desde 2013 em um imóvel na Praça Ângelo Paulon. Por este motivo, foi necessária a regularização documental com a União.

O secretário de Governo da prefeitura, Eduardo Gazzetta, o secretário de Esportes, Cultura, Lazer e Turismo, Josias Queiroz, e o diretor de Cultura e Turismo, Cícero Edno, vistoriaram nesta sexta-feira as instalações que serão entregues à ONG.

“O novo espaço cultural será mais uma alternativa de lazer, entretenimento e, ao mesmo tempo, uma nova fonte de conhecimento para crianças, jovens e adultos”, comentou Queiroz.

DOAÇÕES
Quem quiser fazer doações de material ferroviário à ONG ou contribuir de outras formas com a formação do museu pode entrar em contato pelos telefones (11) 95551-3174 e (19) 99779-5570 e pelo e-mail: museuferroviariopaulista@gmail.com.

Publicidade