21 de abril de 2021 Atualizado 10:38

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

DANÇA

Ana Botafogo vai ministrar aulas de ballet em Americana na sexta-feira

Renomada bailarina estará na Twist Dança nesta sexta para dar duas aulas e bate-papo com os participantes

Por Isabella Holouka

04 nov 2020 às 08:17

Estudantes de ballet têm a oportunidade de aprender com a bailarina Ana Botafogo nesta sexta-feira (6), em Americana. Principal nome da dança clássica no Brasil, Ana ministrará aulas nos níveis intermediário e avançado, além de participar de um bate-papo, à convite da bailarina e professora Eliana Favarelli, da academia Twist Dança.

A programação terá início às 16h30, com as duas aulas seguindo até 20h, momento em que começa uma roda de conversa envolvendo os participantes e a bailarina. O encerramento será uma sessão de fotos com Ana, em um estúdio montado especialmente para esta ocasião.

Encontro com a bailarina Ana Botafogo terminará com uma sessão de fotos – Foto: Divulgação

Segundo Eliana, estão inscritos bailarinos com idades entre 14 e 17 anos, de diversas escolas de dança de Americana, de Santa Bárbara e de outras cidades do Estado, como Bauru, com limite de 13 alunos por turma.

A atividade estava marcada para abril deste ano, mas precisou ser adiada devido à pandemia do novo coronavírus. Na tarde desta terça-feira restavam as últimas vagas para o encontro.

“Ana tem experiência e vivência muito grandes, é muito querida, e se voltou para palestras e aulas, para trabalhar com bailarinos que estão iniciando mas pretendem seguir carreira”, comenta Eliana, que afirma que a programação é uma oportunidade para os bailarinos da região.

“Ela tem currículo, só de Theatro Municipal do Rio de Janeiro são mais de 30 anos. Aqui no Brasil, ela fez seu nome como bailarina clássica, e muita gente se inspira nela”, complementa.

Quanto às medidas de segurança devido à Covid-19, Eliana garante que todos seguirão o protocolo da escola, com pelo menos 2 metros de distância e uso máscaras. Além disso, Ana não irá tocar nos alunos durante as aulas, e nem tirar fotos com proximidade ou abraçada.

“Nossas salas comportam estes alunos com distância dentro dos protocolos de segurança, vamos trabalhar com portas abertas para ventilar e tudo desinfetado, o que fazemos normalmente na escola”, conclui.

Segundo Eliana, a bailarina já esteve em Americana outras vezes, mas para a participação de espetáculos da academia Twist Dança, mas esta é a primeira vez que ela vem à cidade com a intenção de ministrar aulas de ballet.

Publicidade