Fusão de gêneros, com o toque de J. J. Abrams

Jeffrey Jacob Abrams se tornou conhecido como J. J. Na TV, fez história com Lost. No cinema, reinventou as séries…


Jeffrey Jacob Abrams se tornou conhecido como J. J. Na TV, fez história com Lost. No cinema, reinventou as séries Missão Impossível, Star Trek e Star Wars. Claro que a seguinte será uma afirmação controversa, mas seu melhor filme é Super 8, que mistura gêneros de uma forma muito interessante. Um drama intimista. Um garoto que perdeu a mãe realiza um filme amador com os amigos e descobre um monstro do espaço, carente como ele. Ajudam-se mutuamente.

De todos os filmes de J. J., Operação Overlord é o que mais se assemelha a Super 8. O diretor creditado é Julius Avery, mas o filme tem a marca do produtor. Outra mistura de gêneros. Um filme de guerra, que vira fantasia científica e… Terror?

Um pelotão americano, ou o que sobrou dele, chega a uma cidadezinha francesa. Nas proximidades, há um castelo que também é laboratório, onde os nazistas realizam experimentos para criar soldados indestrutíveis. Criam uma raça de zumbis. Ah, sim, também é uma história de amor. De certa forma, é Bastardos Inglórios mais louco. Cuidado com as palavras. O garoto protagonista, um jovem negro, é tudo menos bastardo.

Operação Overlord
(EUA/ 2018, 110 min.)Dir. de Julius Avery, com Wyatt Russell, Jovan Adepo, Pilou Asbæk

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!