Cineclube Estação cria ‘cestas culturais’ para arrecadar verba

Grupo que realiza projeções em Americana realiza ação para conseguir regularizar situação burocrática e participar de editais


O Cineclube Estação, de Americana, criou três “cestas culturais” com fotografias, zines, DVD, livros, camiseta e outros materiais para arrecadar verba e conseguir regularizar situações documentais da ONG, para que assim possa voltar a participar de editais e outros projetos públicos. Os produtos rifados nestas cestas foram doados por artistas parceiros do grupo.

Foto: Divulgação
Produtos que podem ser comprados pelos frequentadores do espaço foram doados por artistas da região de várias expressões de arte

“Estamos voltando às atividades e precisamos regularizar algumas questões burocráticas que envolvem taxas e honorários (R$ 400), que nos permitirão participar de editais e outros projetos. Além de futuras compras de equipamentos (telão e projetor) para conseguirmos levar o projeto ainda mais longe”, explica o cineclubista Márcio Zagallo.

Entre as obras presentes nas cestas estão ilustrações de Rodrigo Perna; fotografias de Matheus Oliveira, Rafael Seleghini; CDs das bandas Hurry Up e Belize e Bermudas; zines de Isa Whitaker e Entre Todas As Formas; camiseta do músico Do Prado; e livros “A Viagem de James Amaro” (Luiz Biajoni), “Enciclopédia do Cinema Brasileiro” (Fernão Ramos) e “Diálogo Dança” (Marcia Tiburi).

Ainda há adesivos, prints, DVD, convite para festa e ensaio fotográfico. A lista completa pode ser acessada em https://www.instagram.com/p/BySwLJFDV0h.

Cada número da rifa custa R$ 10 e as compras podem ser feitas por meio de contato pelas redes sociais do cineclube (@CineClubeEstacao no Facebook e @cineclubeestacao019 no Instagram).

“Como a maioria sabe, nós nunca tivemos apoio financeiro de nenhuma instituição pública. Todos esses anos sempre foi com a ajuda dos voluntários e população”, acrescenta Zagallo.

O Cineclube Estação surgiu em 2004, como uma associação civil de pessoas jurídica, e sem fins lucrativos. Desde então realiza sessões gratuitas de cineclubismo, debates sobre filmes e outros tipos de manifestações voltadas ao gênero.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora