Globo estreia neste domingo segunda temporada de PopStar

Sob o comando de Taís Araújo, celebridades voltam a soltar o gogó a partir de hoje


Disputas de talentos musicais vêm dominando a programação das emissoras abertas. Na dianteira em termos de produção e alcance popular, a Globo chegou até a idealizar um formato próprio, o “PopStar”, no qual celebridades soltam a voz e são julgadas por um time de especialistas, plateia do estúdio e público. Com um polpudo prêmio de R$ 350 mil, o “reality” volta hoje à grade dominical da emissora.

Foto: Divulgação
Com audiência média de seu primeiro ano em torno de 16 pontos, o “PopStar” acabou por se tornar o programa mais bem-sucedido

Impedida de continuar à frente da produção por estar comprometida com as gravações da próxima temporada do “Amor & Sexo”, Fernanda Lima teve de deixar o posto de apresentadora, função oferecida e prontamente aceita por Taís Araújo. Com passagens por programas como “Superbonita” e “Saia Justa”, do GNT, e o “remake” do “Globo de Ouro” exibido pelo Viva, Taís não esconde o nervosismo de fazer sua estreia como apresentadora na tevê aberta.

Com audiência média de seu primeiro ano em torno de 16 pontos, o “PopStar” acabou por se tornar o programa mais bem-sucedido do esquema de temporadas dos dominicais da emissora, um rodízio que inclui humorísticos, programas de variedades e séries de dramaturgia. Galã da emissora e um dos destaques do sucesso “O Outro Lado do Paraíso”, Sérgio Guizé é um dos principais nomes dessa edição, que ainda conta com as atrizes Klara Castanho, Lua Blanco, Malu Rodrigues, Jeniffer Nascimento, Fafy Siqueira e Samantha Schmütz, os atores João Côrtes, Jonathan Azevedo, Mouhamed Harfouch, Fernando Caruso, além da modelo Carol Trentini. A escalação mais inusitada da edição é, sem dúvida, a da jornalista Renata Capucci, conhecida do grande público a partir de diversos telejornais da casa, em especial o “Jornal Hoje”.

Os bastidores do programa obedecem a uma rotina. Cada um dos integrantes precisa apresentar sugestões de canções para a temporada. Entre ensaios e aulas de preparação vocal, eles têm de superar o nervosismo para se apresentar a cada domingo. Os números musicais do programa precisam conquistar as melhores notas, não apenas da bancada dos especialistas, composta por artistas e personalidades da cena musical e do entretenimento, como também da plateia interativa, que vota em tempo real no estúdio, e do público, através do site oficial do “PopStar”. Nesta temporada, os votos dos especialistas têm uma nova dinâmica e as notas podem variar de 9,7 a 10. Além disso, os profissionais podem dar, ou não, uma estrela-bônus a cada participante.

Os 14 integrantes fazem suspense quanto ao repertório que será escolhido. No entanto, é certo que as canções selecionadas devem respeitar suas identidades musicais e apelo popular. “Acho que é legal mostrar ao público a herança e as referências culturais de cada um. Porém, é preciso pensar na audiência também. O equilíbrio é muito importante”, acredita Samantha Schmütz, que pretende homenagear cantoras como Amy Winehouse e Elis Regina em suas apresentações.

Disposto a invadir os bastidores e aliviar a tensão entre as apresentações, Tiago Abravanel volta ao posto de repórter do “PopStar”. Dividindo-se entre as funções de ator e cantor, ele entende muito bem o momento de cada um dos profissionais escalados para a produção e ainda comemora a manutenção de sua “faceta” comunicador. “Fazendo parte dos bastidores, a gente acaba tendo muita intimidade com os competidores, entendendo as crises, os anseios, as alegrias de cada um deles. Ali, eu sou quase como um ombro amigo para dar força. É uma honra estar nessa função mais uma vez e vem muita coisa boa nessa nova temporada”, valoriza Abravanel.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!