Hortolândia tem o 2º Hip Hop Solidário neste sábado – O Liberal

Hortolândia tem o 2º Hip Hop Solidário neste sábado

Evento terá duelo entre MCs, torneio de break dance, oficina de grafite e show com o cantor Dexter, além de uma feira de troca de livros


O movimento hip hop entra em festa neste final de semana, em Hortolândia. Acontece no sábado, a partir das 12h, o 2º Hip Hop Solidário na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) no Jardim Amanda.

Na ocasião serão realizadas as finalíssimas da Batalha de Rimas e do Torneio de Break Dance, que este ano reúne 35 dançarinos. A Batalha de Rimas será disputada por oito finalistas.

Foto: Divulgação
Popular na cidade, movimento hip hop deve levar grande público ao evento deste sábado no Jardim Amanda

Para o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno, o evento permite a interação e conhecimento da população acerca dos três elementos do Hip Hop (rap, dança de rua e grafite), movimento forte em Hortolândia.

“Considerando que Hortolândia é um polo do movimento Hip Hop. Vários artistas com carreiras consolidadas iniciaram na cidade e o evento permite uma valorização e fortalecimento de artistas e pessoas que gostam e estão inseridos nessa cultura”, diz Bueno.

Ele ressalta ainda a arte como importante ferramenta para inserção social e descoberta profissional, em especial dos jovens e crianças atendidos pelos programas sociais do município.

Além das batalhas de rima e break, a programação inclui oficina de grafite com Leandro Kramium, intervenções poéticas, apresentações de artistas da região.

A grande atração do dia será o show do cantor Dexter, expoente do hip hop nacional desde os anos 1990.

ACONTECE

O 2º Hip Hop Solidário é aberto a todos os públicos e acontece nas dependências da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) do Jardim Amanda. Rua Graciliano Ramos, 698.

Biblioteca realiza feira de livros durante o evento

No 2º Hip Hop Solidário também haverá espaço para troca de livros usados. Ao todo serão disponibilizados cerca de 400 títulos para serem trocados no sábado. A ação acontece na banca instalada pela Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte, das 13h às 17h, na Emef.

Foto: Divulgação
Feira de troca é uma ação da Biblioteca Municipal

O coordenador da Biblioteca, Rafael Antonio da Silva, ressalta que poderão ser trocados livros em bom estado de conservação, sem rasuras, rabiscos ou partes amassadas. Antes de efetuar a troca, os livros passarão por uma triagem e avaliação.

A troca será feita no esquema 1 por 1, ou seja, um livro por outro livro. Livros didáticos, enciclopédias, revistas, livretos e fotocópias não serão aceitos. O público também poderá levar CDs e DVDs para trocar.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora