Exposição exibe batalha contra exploração infantil

“Um Mundo Sem Trabalho Infantil” traz painéis sobre trabalhos de menores em carvoarias, lixões e empregos domésticos


O Centro Administrativo de Nova Veneza, em Sumaré, recebe até 8 de julho a exposição itinerante “Um Mundo Sem Trabalho Infantil”, uma parceria do TRT-15 (Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região) e da Secretaria Municipal de Educação.

A mostra faz um alerta à população sobre os malefícios do trabalho infantil ao retratar as piores formas de exploração da mão de obra de crianças e adolescentes. Já exibida em cidades como Brasília, Curitiba, Presidente Prudente e Aparecida, ela tem como objetivo conscientizar a sociedade da necessidade de se exigir o respeito aos direitos desses jovens, conforme estabelece a legislação brasileira, sobretudo a Constituição Federal e o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Foto: Divulgação
Fotos e espaços interativos ajudam o visitante a ter uma ideia do tamanho desse problema no Brasil

A mostra é composta por 17 painéis e traça um panorama do trabalho infantil no País, retratando como, ainda hoje, crianças e adolescentes dos 5 aos 17 anos são submetidos a expedientes extenuantes.

Na mostra, documentos históricos, fotografias, cópias de peças processuais, vídeos com depoimentos, cartilhas e gibis educativos retratam como ainda hoje, no País, mais de três milhões de crianças e adolescentes dos 5 aos 17 anos são submetidos a expedientes extenuantes, muitas vezes nas piores formas de trabalho infantil, em carvoarias, lixões, empregos domésticos e outras formas de exploração.

O problema, entretanto, vai muito além de trabalhos perigosos e insalubres, incluindo atividades criminosas como escravidão, abuso sexual e prostituição infantil, como a exposição também revela. O público poderá, ainda, conhecer o que está sendo feito na luta pela erradicação do trabalho infantil e até experimentar, em painéis interativos, um pouco da dificuldade do trabalho realizado por muitas crianças.

“Esta mostra integra as ações que visam garantir às nossas crianças o direito de se desenvolverem de forma segura”, avalia o prefeito Luiz Dalben.

ACONTECE: A mostra “Um Mundo Sem Trabalho Infantil” fica até o dia 8 de julho no Centro Administrativo de Nova Veneza, localizado na Avenida Brasil, 1.111. A visitação é gratuita.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora