Americana abre as portas do 20º Salão do Humor

Com obras de artistas de destaque da região, 20º Salão do Humor Internacional em Americana abre as portas para a visitação neste sábado


Com a presença de obras de artistas de destaque da região, como Luciana Vital, Adriana Diniz, Carlos Duarte e Misso Avancine, além da presença do diretor do Salão do Humor de Piracicaba, Erasmo Spadotto, será aberto ao público neste sábado, às 8h, o 20º Salão do Humor Internacional em Americana. A visitação é gratuita e a mostra ocorre até 2 de junho.

Segundo o organizador, Geraldo Basanella, foram 1.511 inscrições, número maior do que em 2018, quando houve 1.284 interessados. Nesta edição, 240 obras foram selecionadas para a mostra, que também oferece prêmios de R$ 50 a R$ 200, de acordo com o bloco de modalidades – charge, cartum, caricatura, HQ (história em quadrinho), tirinhas, grafite de humor, pequenos contos de humor, poemas jocosos, caricatura em escultura e mangá de humor.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Cartaz colocado na Câmara Municipal de Americana, que por mais um ano recebe o evento de humor gráfico

“É importante frisar que as visitas devem votar no número que consta na etiqueta, pois há prêmios para o voto interativo. A pessoa que vota, vai estar incentivando as pessoas a virem participar do salão”, destaca Geraldo.

A mostra também receberá as obras que estiveram em exposição no Salão Internacional de Humor de Piracicaba de 2018 e no Salão Universitário Latino Americano da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba).

Entre os participantes deste ano está Carlos Duarte, morador de Sumaré que trouxe seu talento do Nordeste, onde já deu aula de humor gráfico. Também traz o conhecimento adquirido na arte de rua. “Eu trabalho fazendo caricaturas ao vivo em eventos em geral e faço caricaturas na praça no Centro de Sumaré, acompanhando a feira de artesanato, que acontece no segundo sábado do mês”, conta o caricaturista. Para esta edição, o tema sugerido para as artes dos participantes foi “Nem estático, nem volúvel: sempre na trilha do verossímil!”.

“Verossímil não é a verdade, mas o que se aproxima da verdade. Você vai sempre procurar o verdadeiro, mas a verdade absoluta você não tem. Todo mundo está com a verdade. Você está com a sua, o partido político fala que é a dele, o grupo social fala que a verdade é a dele, e assim vai. E a verdade mesmo fica onde? Então, a ideia é se aproximar o máximo possível dela, seja de que maneira for”,
explica o organizador.

A arte de divulgação do Salão, assinada pelo ilustrador Sander Carvalho, que também é colaborador do Liberal, é baseada na temática. Nela, uma estátua lapida a si mesma. “Ele pegou a estátua, meteu uma marreta na mão dela e ela mesmo decidiu se quebrar da estaticidade e entrar no movimento. Movimento da vida, das cores. Bem criativo”, elogia Geraldo.

ACONTECE: O Salão do Humor Internacional em Americana está aberto à visitação gratuita deste sábado até o dia 2 de junho, de segunda a sexta, das 8h às 22h, e aos sábados e domingos, das 9h às 17h. O prédio do Legislativo fica localizado na Praça Divino Salvador, Jardim Girassol.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!