14 de julho de 2024 Atualizado 16:16

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura

Angélica revela que relação com a Globo se desgastou: ‘Não estava feliz’

Por Agência Estado

05 de junho de 2024, às 21h16

Quatro anos após anunciar sua saída da TV Globo, Angélica revelou alguns bastidores desse período. Segundo ela, havia um desgaste na relação entre as partes depois de 24 anos de contrato.

“Tomar uma decisão dessas nunca é fácil. A gente tem que ser meio levado. É difícil você tomar essa atitude. Eu não cheguei e falei: Não quero mais, vou sair da TV Globo. Foi uma construção, desgaste, igual relacionamento, muito profissional o desgaste, mas foi um desgaste. Chegou um momento em que um olhou para a cara do outro e falou: Não tenho mais o que fazer e você não tem mais o que me dar. Tipo um casamento”, disse ela ao WOW Cast, ressaltando ainda que tudo foi resolvido com muito respeito.

A artista também revelou que, antes mesmo do comunicado oficial, já havia deixado a emissora e que seu último projeto lá, o Simples Assim, foi feito em contrato por obra.

Ela disse que o processo de despedida foi sofrido, mas que essa mudança lhe deu novas perspectivas: “Essa saída é estranho porque eu estava muito acostumada e é muito ruim você estar acostumado também, porque fica numa estabilidade, em uma zona de conforto, que de conforto não tem nada. Você está ali, marcando passo, sem evoluir, sem crescer na vida, você vai emburrecendo em algumas coisas. É um lugar ok, mas você fica parado. E isso abriu horizontes. Estava muito engessada, por culpa minha mesmo, porque para mim estava bom ali, não é que algum empresário, emissora, alguém me colocou nesse lugar. Eu me acostumei nesse lugar.”

Apesar de ter tido uma certa abstinência de sua antiga rotina, Angélica disse que após um tempo, viu o momento como uma libertação: “Tem o sofrimento, a abstinência daquela coisa diária, da equipe, do lugar, de tudo e isso demora. Depois que passa é uma libertação, porque você cria outras disciplinas e vê o quanto é capaz também. Isso te empodera, te deixa forte, num lugar em que eu estava me sentindo fraca.”

“Eu não estava acreditando mais em mim. Estava me sentindo desenergizada porque não estava feliz. Quando comecei a ver que eu podia produzir um programa que eu queria fazer, me voltar para uma coisa que eu gosto, que é o autoconhecimento, ler, viajar, fazer os meus retiros e trazer isso para o público, trocar sobre isso, e isso me fazer brilhar de novo, é uma sensação muito boa”, finalizou ela.

Publicidade