13 de agosto de 2022 Atualizado 17:51

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura

Americana terá Circuito Sesc de Artes na Praça Comendador Muller

Evento passará por 118 municípios paulistas em agosto; serão cerca de 85 ações artísticas e educativas em 14 roteiros

Por Marina Zanaki

05 de agosto de 2022, às 09h07 • Última atualização em 05 de agosto de 2022, às 09h08

Americana recebe no dia 26 de agosto o Circuito Sesc de Artes, com uma programação cultural gratuita na Praça Comendador Muller, no Centro. As atrações foram divulgadas pelo Sesc (Serviço Social do Comércio) São Paulo na quarta-feira. Na região, também recebem o Circuito de Artes as cidades de Hortolândia, em 12 de agosto, e Santa Bárbara d’Oeste, no dia 14 – esta última já divulgou a programação em julho.

Entre as atrações do Circuito Sesc de Artes em Americana está a cantora e compositora paulistana Drik Barbosa. Junto com sua banda, ela apresenta as faixas do seu disco de estreia, que leva seu nome. As músicas partem do rap e transitam pelo pop, passando pelo R&B, pelo funk e pelo pagode, com letras criadas a partir de vivências que falam sobre o empoderamento feminino e a negritude. 

A cantora e compositora Drik Barbosa apresentará canções do seu disco de estreia – Foto: Bruno Gomes / Divulgação

A programação também terá a oficina “Grafiqueta Zine – Ateliê de Criação de Fanzine Oficina de Artes Visuais”, com Ateliê Libélula & Sarau Comics. Na atividade, o público terá contato com opções alternativas de comunicação e expressão artística.

Também haverá a mediação de leitura “Histórias para Guardar na Memória”, com o Coletivo Brotando em Mim. Será apresentada uma seleção diversa de obras para todas as idades.

O espetáculo “Mix Dux”, do Circo Dux, traz uma apresentação com acrobacia, malabarismo e ilusionismo, levando o público a uma viagem pelos universos do circo e do teatro.   

O espetáculo “Mix Dux” levará o público a uma viagem pelos universos do circo e teatro – Foto: Daniel Barboza / Divulgação

O grupo mineiro BeHoppers promove a apresentação “Lindy Hop Vivência de Dança”, resgatando o estilo de dança nascido nos EUA na década de 1920, misturando breakaway, charleston e sapateado. Após se apresentar, o grupo convida a plateia a participar de uma animada aula aberta guiada por professores e dançarinos.

Também integra a programação o espetáculo teatral “Quando eu morrer vou contar tudo a Deus”, do coletivo O Bonde. Inspirado em uma história real, o espetáculo acompanha Abou, um menino de origem africana que foi encontrado dentro de uma mala tentando entrar na Europa. Ao som de tambores e violão, atores-narradores apresentam a trajetória do pequeno refugiado que enfrentou dificuldades com criatividade, imaginação e coragem.

O espetáculo “Quando eu morrer vou contar tudo a Deus” narrará a história de um refugiado – Foto: Tide Gugliano / DIvulgação

RETOMADA. O Circuito Sesc passará por 118 municípios paulistas ao longo de agosto. Serão cerca de 85 ações artísticas e educativas em 14 roteiros que percorrem praças e parques durante três semanas. O evento retorna para o formato presencial após ficar suspenso por conta da pandemia. No ano passado, a programação foi on-line. O evento prioriza cidades onde o Sesc não está instalado e conta com a parceria das prefeituras e dos sindicatos do comércio locais.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O roteiro de Santa Bárbara d’Oeste e Hortolândia terá as mesmas atrações. O destaque é a cantora Ana Cañas, que apresenta um show em tributo à obra do cantor Belchior. Ainda haverá apresentação de dança com o Coletivo Desvelo, a mediação de leitura “Telhado de Histórias”, uma oficina sobre a técnica de animação rotoscopia com o Giroscópio Filmes, apresentação circense do “Esquadrão Bombelhaço” e o teatro “A Cruzada dos Corações Puros”.

Em Santa Bárbara d’Oeste, o Circuito Sesc de Artes será no dia 14 de agosto na Praça da Migração. Na cidade de Hortolândia será no Centro Cultural Inês Aparecida da Silva Afonso, em 12 de agosto.

Publicidade