15 de outubro de 2021 Atualizado 10:29

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Virando a Chave

Pessoas perigosas para a sua vida

Você sente que as coisas na sua vida não acontecem? O Ivan Maia explica como as pessoas que estão ao seu redor podem representar perigo para sua vida

Por Ivan Maia

19 jul 2021 às 12:38

A sua vida não sai do lugar? Você sente que as coisas não acontecem? Parece que existe uma trava que impede a prosperidade chegar em sua vida? Você pode não acreditar, mas existem pessoas que representam um perigo em nossa vida e muitas vezes elas podem estar mais próximas do que imaginamos.

O primeiro grupo de pessoas perigosas são os amantes de si mesmos. Isso quer dizer que existem homens e mulheres que só pensam no seu próprio bem-estar e não pensam no próximo. Também existem as pessoas avarentas. São pessoas que não dividem nada com ninguém, só querem as coisas para elas. Minha mãe dava o nome de “miseráveis”, que acumulam coisas como se fossem viver para sempre.

Os presunçosos são pessoas que se sentem melhor que os outros, tratam as pessoas pelo que elas têm e não pelo o que são. Os blasfemos são pessoas que não respeitam a fé dos outros, blasfemam contra Deus, insultam e ofendem a crença. Se afaste também das pessoas que não sabem obedecer pai e mãe.  Afinal, o que esperar de pessoas que não respeitam nem os próprios pais?

Fuja também dos ingratos, grupo de pessoas que se queixam de tudo, que veem defeito em tudo, odeiam, brigam o tempo inteiro, são irreconciliáveis e conseguem estragar o dia de todo mundo. Olhe para a sua volta e veja a quantidade de pessoas caluniadoras e maledicentes. Fuja dessas pessoas também!

Se afaste das pessoas corruptas, de caráter duvidoso, que fazem desvios de dinheiro dos cofres públicos, prometem que vão fazer o melhor para educação, saúde, segurança, mas tudo que vemos na prática ocorre ao contrário. Pregam a igualdade, mas estão na superioridade. Como diz no texto bíblico de Timóteo: “mais amigos dos prazeres que amigos de Deus”. E ainda: “tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela”.

Ao tomar consciência de quem são essas pessoas perigosas e onde elas estão, a primeira atitude é se afastar. Se você não puder fazer isso fisicamente, que seja mentalmente. Quer ser feliz? Aprenda a não se preocupar com o que os outros vão pensar de você.

Feito isso, busque sempre estar na companhia de pessoas que querem seu bem, pessoas positivas, alegres, contagiantes, que inspiram você a batalhar, crescer e persistir, pois na vida ou você influencia, ou será influenciado.

Ivan Maia

Ivan Maia é treinador emocional, estrategista empresarial, NLP Practiotiiner, palestrante, conferencista e escritor de livros. Ele tem mais de 3 milhões de alunos treinados em mais de 25 países.