26 de outubro de 2021 Atualizado 20:32

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

Uma educação mais humana

Por Professora Juliana

12 set 2021 às 08:04

Americana deu um passo gigantesco na busca por oferecer às nossas crianças uma educação mais humana e inclusiva. A lei 6.539/2021 foi sancionada pelo prefeito Chico Sardelli e dispõe sobre a inclusão de profissionais de psicologia e serviço social na rede de educação básica municipal.

Escrevo para enaltecer esse passo não apenas porque o projeto de lei é de autoria do nosso mandato, mas porque essa medida tem tudo para ser referência na região e no Estado. Eu me sinto honrada em poder ter feito essa proposta.

Só quem já esteve no ambiente escolar como professora, coordenadora ou funcionária, sabe como faz falta a presença de profissionais dedicados a tarefas como mediação de conflitos, combate à evasão escolar e identificação e prevenção de problemas como ansiedade e depressão.

Sobretudo nesse momento de retorno às aulas presenciais após tantos meses, os psicólogos e assistentes sociais serão um braço importantíssimo na acolhida das crianças e adolescentes e na identificação de indícios de violações de direitos.

A ideia da lei é que eles possam ajudar as equipes pedagógicas a tornar esse ambiente de aprendizagem mais completo, saudável e favorável ao desenvolvimento integral dos alunos, porque esses profissionais, com sua qualificação específica, vão detectar precocemente determinados problemas que impactam diretamente na aprendizagem, como bullying e outros conflitos.

A nova lei tem o objetivo de garantir a permanência e aproveitamento escolar dos estudantes, combatendo a frequência irregular, a evasão e estimulando a participação da família e da comunidade.

Com a sanção da lei, agora, vamos acompanhar o trabalho da Secretaria de Educação até que a medida seja devidamente implantada para melhorar o cotidiano escolar das crianças e suas famílias.

Professora Juliana é vereadora pelo PT em Americana

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos para o e-mail opiniao@liberal.com.br.