18 de abril de 2021 Atualizado 21:31

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

Um mundo mais ecológico

Por Eduardo Paparotti

11 mar 2021 às 07:56

Você quem cria a sua própria realidade. Somos seres com capacidades. Acredito no mundo das ideias, pois dá vontade de voar. O homem criou as ferramentas que nos levaram à lua. Explore o mundo dos sonhos. É assim que alcançamos o impossível. Experimente o mundo das sensações. Ria, chore, viva intensamente. Admire o mundo das cores. As paisagens, as cidades e as pessoas.

Nosso planeta possui todos os tons! Cuide do mundo da ecologia, pois sem nossa natureza estamos fadados ao fracasso. Confie no seu mundo. Construa, planeje, conheça e deixe a sua marca. Liberte sua imaginação para o mundo das possibilidades. É isso que oferecemos a vocês.

Vamos a uma legislação no Brasil. A lei federal nº 6.938, de 31 de agosto de 1981 (com várias alterações), que dispõe sobre a política nacional do meio ambiente no Brasil, define a expressão meio ambiente como “o conjunto de condições, leis, influências e alterações de ordem física, química, e biológica, que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas”.

A palavra ambiente tem sua origem no latim. Ambien significa o “que rodeia”. Já a expressão meio ambiente é definida por vários autores de diferentes maneiras. Conforme Ricklefs (1996) meio ambiente é a circunvizinhança de um organismo, incluindo as plantas e animais. Morán (1990) classifica o meio ambiente em mundo biótico e abiótico. Biótico se relaciona à vida, aos seres vivos, ele é inerte.

Em 1971, surgiu, em Vancouver, no Canadá, o movimento pacifista dos “Greenpeace”, com campanhas e protestos contra os testes nucleares e o futuro da humanidade. Assim eles nos deixaram um sábio ditado.

“Quando a última árvore cair, o último rio secar e o último peixe for pescado, o homem entenderá que o dinheiro não se come”. E, infelizmente, já será tarde, muito tarde.

Eduardo Paparotti é aposentado

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos, com 1.800 caracteres (já contando os espaços), para o e-mail opiniao@liberal.com.br.