19 de abril de 2021 Atualizado 07:07

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

Triste cenário

Por Basilio Jafet

26 mar 2021 às 07:46

O Brasil enfrenta o maior colapso sanitário de sua história. De acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a partir da análise da série histórica, foram mais de 50 dias seguidos de agravamento no sistema hospitalar.
Daí a inevitável questão: o Brasil, que já foi exemplo internacional no combate de epidemias e erradicação de pestes, corre o risco de despontar como réu na tribuna dos crimes contra a humanidade?

Sim, é possível. E o motivo é o mesmo de quando investigamos as razões de tantas outras mazelas nacionais, sejam econômicas ou sociais. É a falta de vontade política, melhor dizendo, de atitude política no enfrentamento dos problemas.

Diferente do que se viu na maioria dos países igualmente afetados (alguns deles sofrendo agora a terceira onda da Covid), não houve por aqui convergência entre os poderes. Tivemos narrativas contraditórias, ausência de programas coordenados, procrastinação. Criou-se um ambiente disfuncional no momento em que a população pedia diretrizes firmes e providências para imediata imunização.

Sentimos que sofreremos por longo período os efeitos da desarticulação dos poderes que deveriam, em essência, nos resguardar. Sentimos que nossos governantes e legisladores precisariam considerar primordialmente nos interesses dos brasileiros, em detrimento de seus interesses pessoais. Até hoje fica difícil compreender porque só agora, e com mais de um ano de atraso, foi instituído um gabinete (ou comitê) multidisciplinar para gerenciar a crise, coisa que esperávamos ver constituído em março de 2020.

Sentimos que estão brincando com nossas vidas. O Brasil não pode ser uma gangorra, onde quando um senta o outro levanta. Um diz sim às restrições (em maior ou menor grau), outro diz não. Ora, precisamos de diálogo para construir soluções. E isso implica acertar o passo na mesma direção.

Basilio Jafet é presidente do Secovi-SP, a casa do mercado imobiliário

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos, com 1.800 caracteres (já contando os espaços), para o e-mail opiniao@liberal.com.br.