29 de julho de 2021 Atualizado 08:37

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Pelas Páginas da Literatura

Três livros para conhecer Lygia Fagundes Telles

Homenageada deste ano da Festa Literária Internacional da Mantiqueira, autora é considerada por muitos a maior escritora brasileira viva

Por Marina Zanaki

04 mar 2021 às 09:34 • Última atualização 04 mar 2021 às 09:35

A Flima (Festa Literária Internacional da Mantiqueira) divulgou na semana passada que escolheu a autora Lygia Fagundes Telles como homenageada da edição 2021. O evento será realizado de forma online e gratuita de 18 a 20 de março.

Lygia é considerada a maior escritora brasileira viva por seus contos e romances. Ela completa 98 anos em abril de 2021 e foi a única autora nacional cotada para vencer o Prêmio Nobel de Literatura.

Lygia Fagundes Telles: “a dama da literatura brasileira”  – Foto: Wikimedia Commons

Uma vez, vi uma definição de Lygia Fagundes Telles que fez muito sentido pra mim. Sua literatura é como uma lupa, lançando um olhar observador para as pequenas situações cotidianas. Ela faz o leitor enxergar nesses momentos triviais os grandes significados que passam despercebidos.

Uma autora desse calibre merece ser conhecida, e trago uma lista com três livros muito representativos dentro da vasta obra. Fica também o convite para participar da programação da Flima, que será disponibilizada pelo canal no Youtube do evento.

Ciranda de Pedra

De que são formadas as relações? Trazendo um grupo de amigos de infância, esse livro fala sobre amizades, pertencimento e relacionamentos de uma forma crua. Uma das cenas finais, que retrata um reencontro no Natal, é muito intensa e de uma qualidade literária profunda. A obra possui duas versões para a televisão, de 1981 e 2008, ambas da Rede Globo.

Antes do Baile Verde

Famosa coletânea de contos da autora, esse livro traz histórias comuns do dia a dia, mas sob o olhar único da autora. Como exemplo, cito “As pérolas”, conto onde uma mulher se prepara para uma festa enquanto é observada pelo marido, homem que está à beira da morte e sofre por antecipação sua própria ausência na vida da esposa.

As meninas

Considerada a obra-prima de Lygia Fagundes Telles, esse romance se passa durante o período da ditadura militar. A narrativa acompanha, por meio do fluxo de pensamento, a história de três amigas. O livro é incrível, e o final completamente arrebatador.

Marina Zanaki

Repórter do LIBERAL, a jornalista Marina Zanaki é aficionada pela literatura e discutirá, neste blog, temas relacionados ao universo literário.