17 de junho de 2021 Atualizado 00:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Presença Digital

Três ações de marketing digital que irão fazer sua empresa sair do século passado

Se sua empresa ainda não utiliza estas três ações de marketing digital, ela ainda está no século passado, e consequentemente, perdendo clientes e vendas

Por Ronnye Freitas e Ricardo Forti

07 Maio 2021 às 07:00 • Última atualização 07 Maio 2021 às 09:58

Não é por nada, mas se sua empresa ainda não utiliza estas três ações de marketing digital, ela ainda está no século passado, e consequentemente, perdendo clientes e vendas.

Sim, alguém precisa lhe dizer a verdade. Dizem que você pode até perder amizades por dizer a verdade, mas não acreditamos nisso. Ao contrário, acreditamos que a verdade liberta e neste caso específico, fará com que sua empresa ganhe mais clientes, visibilidade e, enfim, venda mais.

Ao invés de criar uma lista complexa e imensa de ações, um pouco trabalhosa para implementar, separamos aqui três ações de marketing digital que consideramos fundamentais para a sobrevivência de qualquer empresa do século XXI, e que podem ser facilmente implementadas por qualquer pessoa com boa vontade. Confira quais são:

1) Cultive suas redes sociais

Sabe aquela cena clássica de filme de faroeste em que aparece uma cidade vazia, praticamente uma cidade fantasma, com rolos de capim sendo levados pelo vento? Então, algumas páginas em redes sociais de empresas são exatamente assim, uma verdadeira “página fantasma”.

A empresa cria uma página comercial (pior ainda se for um perfil) e simplesmente a abandona a qualquer sorte.

Não produz conteúdo, não posta novidades, nem ao menos visita a página com regularidade. E acredite: normalmente escutamos do responsável a seguinte frase: “Ahh! Redes sociais não dão certo para minha empresa”.

Meu amigo, é claro que agindo dessa forma, as redes sociais não funcionarão para nenhuma empresa, independente do mercado e segmento de atuação dela. Afinal, se você mesmo não agrega valor a suas redes, por que raios os seus clientes irão?

Para sua página não se transformar em uma “página fantasma”, faça o seguinte:

Mostre o seu dia a dia, ele tem muito valor. Ao contrário do que muita gente pensa, artes e posts bonitinhos, diagramados com o logo da empresa, são importantes e até têm seu papel na estratégia de consolidação da marca nas redes sociais. Porém, na maioria das vezes, não geram muito engajamento dos fãs e seguidores.

Por isso, use e abuse de fotos do cotidiano da sua empresa… Mostre novidades, registre os acontecimentos, equipe, conte histórias, e se possível, inclua os clientes nelas. Assim, você conseguirá muito mais engajamento e sua estratégia dará muito, mas muito mais resultado.

O segredo dessa ação é a regularidade. Não adianta nada um dia você postar uma série de fotos e passar semanas sem publicar absolutamente nada. Do mesmo modo em que você escova os dentes todos os dias, crie o hábito de ao menos uma vez ao dia, publicar alguma foto ou acontecimento na página da sua empresa.

Lembre-se: uma vitrine vazia não atrai clientes do mesmo modo que uma página sem conteúdo, não atrai seguidores.

Cuide das suas redes sociais como se fossem o seu jardim. Não se esqueça que as redes sociais, principalmente o Facebook e o Instagram, não são um mural de recados, mas sim um jardim. Por isso, interaja com seus seguidores, converse com a sua audiência, curta e responda os comentários e mensagens.

Está cada vez mais difícil engajar as pessoas através de fanpages. Se alguém comentou ou enviou uma mensagem através dela, não perca essa chance. Converse com a pessoa. Isso aconteceu porque alguma coisa ou informação relevante despertou a atenção dela no meio deste oceano de conteúdo que ela recebe diariamente. Chame a pessoa para um bate-papo, convide-a para conhecer sua empresa.

Use as redes para conversar e principalmente para conhecer seu cliente. É cultivando a sua audiência que ela “florescerá” e te dará “frutos”.

2) Tire todo o gesso do seu site

Convivemos com a internet há mais de 20 anos e os sites empresariais evoluíram muito durante este período. No início, eles eram chamados de homepages (alguém é desta época?) e eram simples, com poucas imagens, devido principalmente à precariedade da conexão com a internet.

Depois, vieram os sites ricos em gráficos, os animados e chegou um ponto onde todo site que se prezava tinha que ter uma animação “hollywoodiana” para chamar a atenção, mas os tempos mudaram e tudo isso ficou lá atrás. Atualmente as coisas são bem diferentes. Sendo assim, atente-se ao seguinte:

O Brasil (e o mundo) é mobile. Não sei se você sabia disso, mas mais de 80% dos acessos à internet no Brasil são feitos de dispositivos móveis, como os smartphones. Então, o que adianta você ter um site completo e bonito se ele não se adapta aos dispositivos que a grande maioria das pessoas usa?

Os sites que se adaptam a todos os dispositivos são chamados responsivos ou flexíveis e caso seu site não tenha essas características, você pode ter certeza que está perdendo visibilidade e consecutivamente vendas.

Além do site, tenha um blog. Por mais que o design de um site ainda seja algo importante, atualmente ele está em segundo plano. E olha que, como designers, foi muito difícil para nós entendermos isso. 

Podemos afirmar com toda certeza que a característica mais importante de um site é o conteúdo e a maneira mais fácil de se trabalhar com conteúdo é investindo em um blog.

Seu site pode continuar a ter todas aquelas seções como empresa, produtos, contato etc., mas terá a estrutura dinâmica de um blog, podendo receber conteúdos novos a qualquer momento e principalmente, em um formato que estará pronto para ser compartilhado nas redes sociais.

3) Não ligue. Mande mensagens

Imagine o seguinte: você está no meio de uma reunião, ou fazendo alguma atividade importante, e, de repente, o seu telefone toca. Do outro lado da linha está uma pessoa tentando te vender alguma coisa… Não preciso nem falar o mal-estar que isso causa! Ou preciso?

Pergunta: se você não gosta de passar por isso, por que seu cliente gostaria?

Atualmente temos uma das mais revolucionárias ferramentas de comunicação à nossa disposição, o WhatsApp. Discreto, sigiloso, não invasivo e funcional, o WhatsApp revolucionou a forma como nos comunicamos e esta revolução ainda está só no início. 

Entre as muitas vantagens da ferramenta, uma delas está no fato de o cliente poder ver a mensagem (texto, imagem, áudio ou vídeo) quando ele quiser, mantendo assim sua privacidade. Se você ainda não o utiliza como ferramenta de marketing digital, você está muito, mas muito atrasado.

Veja como é simples transformar o seu WhatsApp em uma arma de marketing digital:

Converse com todo mundo ao mesmo tempo, mas de maneira individual. Uma das ferramentas mais importantes do WhatsApp é a lista de transmissão. É uma lista com vários destinatários para suas transmissões (até 256 por lista). Quando você envia uma mensagem para a sua lista de transmissão, todos os destinatários receberão a sua mensagem.

Os destinatários receberão uma mensagem normalmente, e ela aparecerá na tela de conversas. Porém, diferentemente dos grupos, onde todos os contatos têm acesso a resposta, ela será enviada individualmente a todos os clientes de uma só vez e cada resposta aparecerá para você mas para os demais clientes não.

A lista de transmissão é ótima para você divulgar seus produtos ou serviços, avisar seu cliente sobre promoções ou, ainda, enviar dicas para seus possíveis clientes.

A grande vantagem é que você não precisa enviar as mensagens uma a uma, facilitando assim seu trabalho. Crie várias listas, lembre-se de pedir o número de celular aos seus novos clientes e principalmente, inclua-os nas listas.

Coloque a boca no trombone, ou melhor, os dedos no teclado.

Chegou produto novo? Avise seus clientes. Tem alguma promoção? Avise seus clientes. Alguma novidade? Avise seus clientes!

Não deixe de avisar as suas listas sempre que algum acontecimento relevante acontecer na sua empresa, afinal, se seu cliente não sabe da novidade, como você quer que ele compre?

Crie uma biblioteca de mensagens. Uma coisa é você divulgar uma novidade para sua lista, outra é ter que quebrar a cabeça para escrever sempre uma mensagem diferente a cada conversa.

Por isso, crie um banco de dados com várias respostas prontas, de acordo com as principais solicitações de seus clientes. Desta forma, você ganhará tempo, produtividade e principalmente, terá um padrão comum para suas respostas, impossibilitando assim informações erradas e imprecisas.

O teclado do seu computador sempre será melhor do que o teclado do seu smartphone.

Não sei se você sabia disso, mas o WhatsApp fornece uma versão web de seu software. Com ela fica muito mais fácil você enviar e responder as mensagens de seus clientes, enviar outros tipos de mídias, como vídeos e fotos e organizar todo conteúdo a ser divulgado. Então, não perca tempo, se você ainda não utiliza a versão web, trabalhe com ela o mais rápido possível, pois vai facilitar muito a sua vida.

Ronnye Freitas / Ricardo Forti

Tudo o que você precisa saber sobre como empreender na internet, por Ronnye Freitas e Ricardo Forti, sócios de uma agência de marketing em Americana