28 de setembro de 2021 Atualizado 08:00

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

Tem gente que não fecha os olhos

Por Geraldo Trombin

22 jul 2021 às 08:36

Certas pessoas são a invídia a olhos vistos. Além dos olhos da cara, têm olhos na nuca, nas orelhas, no entorno todo do pescoço e no topo da cachola. Haja estômago, suco gástrico e peristaltismo para digerir tanta bisbilhotice!

Você, por exemplo, que mais parece Sherlock Holmes depois da maleita, vive seguindo todos os meus movimentos, desde os passos mais firmes até meus passos em falso.

Se tiro de letra um prêmio literário, você não tira o olho; se não ganho necas, continua de olho. Se compro roupas novas, você fica de olho; se uso meias, camisetas e cuecas furadas, também.

Se clientes adentram os umbrais do nosso estabelecimento, você não tira o olho; se trabalhamos que nem burro de carga nos tempos da colonização, idem. Se damos uma de bicho-preguiça, esticando as canelas e os braços pro ar, também. Se tiramos a sorte grande com uma cartelinha de VidaCap, você fica de olho; se damos o maior azar, nem se fala. Se nossos amigos vêm nos visitar, você não tira o olho; se ninguém dá as caras por aqui, também. Se arrumo uma nova namorada, você fica de olho; se termino o relacionamento ou levo um belo pé-na-bunda, idem. Se pago direitinho minhas contas, você fica de olho; se devo (não nego) e não pago, também. Ai, meu Deus do céu!

Se ganhamos vasos de flores, você fica tão de olho, que chega ao ponto de as coitadinhas murcharem e secarem. Se deixo o cabelo e a barba crescerem, você não tira o olho; se tiro a barba ou raspo a cabeça com a maquinha no zero, também.

Puxa! Até mesmo quando tiro meleca do nariz ou vou soltar um “pum”, não disfarça: você está de olho. Você é sempre assim: não fecha os olhos nem para dormir. O seu olho gordo é tão gordo, mas tão gordo, mas tão exagerado e infinitamente gordo, que eu acho que nem mesmo uma “bariátrica” resolveria!

Geraldo Trombin é publicitário e escritor

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos para o e-mail opiniao@liberal.com.br.