23 de novembro de 2020 Atualizado 14:49

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Painel Político

Sem provas, candidatos contestam resultado em Americana

Tese do grupo é de que a votação para vereador não corresponderia a de prefeito

Por André Rossi

19 nov 2020 às 08:11

Sem provas, candidatos a vereador que não se elegeram em Americana contestam o resultado da eleição. Um grupo de cerca de 20 candidatos, de partidos como PDT, PTB e PSL, foram até a frente do cartório da 158ª Zona Eleitoral na tarde desta quarta-feira para tentarem articular um movimento.

Candidatos que não se elegeram estiveram no cartório – Foto: Ernesto Rodrigues / O Liberal

A tese do grupo é de que a votação para vereador não corresponderia a de prefeito, o que resultaria numa ausência de sete mil votos. A ideia dos candidatos é solicitar acesso a todos os boletins de urna para recontagem e entrar na Justiça se for identificada alguma irregularidade.

Os candidatos não entraram no cartório, já que para isso é necessário agendar horário.

Chefe do cartório da 158ª Zona Eleitoral, Márcio Natsuki Uchida não vê fundamento na tese dos candidatos de que sete mil votos estariam faltando na contagem. “Foi uma situação criada, para que mais pessoas aderissem ao movimento contra a Justiça Eleitoral de Americana”, afirmou.

Uchida ressaltou que os boletins de urna estão acessíveis aos representantes dos partidos e candidatos que quiserem contabilizar os votos manualmente ou por meio de aplicativo com leitor de QR Code.

Entretanto, é preciso agendar horário por e-mail. Só é permitida a entrada de duas pessoas no prédio por conta da pandemia.

Redação

Seção abastecida pelos jornalistas do LIBERAL com informações e bastidores da política de Americana, Santa Bárbara e região.