19 de janeiro de 2021 Atualizado 17:30

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Editorial

Recuo em suspense

Por Redação

28 nov 2020 às 08:24

A próxima segunda-feira deverá ser de anúncios importantes em relação à pandemia do novo coronavírus no Estado. A reclassificação de fases marcada inicialmente para 16 de novembro foi adiada para este dia 30, quando ocorrerá diante de um cenário mais grave para a doença.

Nos últimos dias, as notícias são de que tem havido aumento no número de casos confirmados num patamar acima do que se registrava em semanas anteriores. A taxa de transmissão subiu e, junto com esse crescimento, também aumentaram as taxas de ocupação de leitos para tratar pacientes com o vírus. Na capital, a evolução é perceptível. Na região, ela parece estar começando a dar as caras.

Com a reclassificação em pauta, o governo estadual deverá anunciar nesta segunda-feira se haverá algum tipo de progressão ou regressão de fases entre as regiões paulistas. Hoje, 76% dos municípios do Estado, como Americana e região, estão dentro da chamada fase verde do Plano SP, que prevê a reabertura controlada de atividades diversas, como cinema e teatros.

Em pronunciamento na última quinta-feira, o governo já se posicionou no sentido de que, se houver qualquer restrição a ser adotada para conter a transmissão do vírus, provavelmente ela começará por atividades de lazer.

A imposição de um recuo no plano poderá colocar o governo e a sociedade, novamente, sob um estresse social. O relaxamento permitido pela flexibilização nos últimos meses, mas tratado como o retorno da normalidade por grande parte da população, certamente precisará ser revisto se quisermos evitar uma nova onda de infectados.

Uma conscientização adequada dos cidadãos tornaria desnecessária qualquer medida mais rígida nesta tarefa de combate ao vírus, mas todos sabemos que o bom senso não é o forte da vida em comunidade, ao menos no Brasil. Resta esperar.

O Liberal

Neste blog você encontra a opinião do Grupo Liberal de Comunicação, por meio dos textos editoriais publicados na edição impressa.