16 de agosto de 2022 Atualizado 23:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

Procure ajustar as suas emoções

As adversidades fazem parte de nossas vidas e de nossos dias. Isso não é novidade para ninguém

Por Wagner A. Armbruster

28 de novembro de 2021, às 11h08

As adversidades fazem parte de nossas vidas e de nossos dias. Isso não é novidade para ninguém. Porém existem pessoas que se esquecem que são elas que têm o controle de suas percepções e de suas emoções frente o desenrolar dos tempos. “Não podemos dirigir o vento, mas podemos ajustar as velas.” Esta é uma grande verdade que John C. Maxwell nos ensina ao explicitar que somos os líderes de nossas perspectivas e atitudes frente à vida.

Uns arregaçam as mangas e se põem a trabalhar e enfrentar as intempéries cotidianas do viver. Outros se colocam a lamentar e elaboram uma série enorme de justificativas que os restringe de serem maiores e melhores. Precisamos tomar consciência que represar emoções ou jogá-las de lado sem compreender o que sentimos pode significar criar barreiras que são desnecessárias.

Quanto mais consciente estivermos sobre como somos, mais teremos a oportunidade sim de sermos o que desejarmos ser. Assim teremos mais ânimo e disposição com nossas vidas. Com medo e cheios de dúvidas corremos o risco de ficarmos estacionados esperando o melhor momento. E esse só acontece quando assumimos ser o que somos e ter o fluir de nossas potencialidades.

Ajustar as emoções e se munir de uma interioridade vibrante e cheia de propósito nos eleva. Lembrando que não são as situações exteriores que nos comandam, mas sim nossa interioridade pessoal. O gênio Albert Einstein disse: “Em minha experiência, o trabalho mais criativo nunca é feito quando se está infeliz.”

E a nossa felicidade pessoal tem sim base de sustentáculo em nosso universo pessoal. Quem se desconhece interiormente ou tem uma relação emocional tumultuada consigo mesmo consegue pouco.

É no horizonte de nossa fé que desenhamos o futuro de nosso ser. É na espiritualidade que encontramos a energia de propulsão para realizações maiores. Pensem nisso!

Wagner A. Armbruster é Terapeuta familiar, consultor e presidente da Acia (Associação Comercial de Americana).

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos para o e-mail opiniao@liberal.com.br.