15 de abril de 2021 Atualizado 13:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Editorial

Pressão na saúde

Por Redação

18 dez 2020 às 08:08

Em reportagem publicada nesta quinta-feira, o LIBERAL trouxe dados que dão a dimensão do esforço que a pandemia da Covid-19 tem exigido do sistema público de saúde em Americana, novamente pressionado pelo retorno das infecções e internações.

Em novembro, o Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi bateu recorde de atendimentos de pacientes no Pronto-Socorro exclusivo para tratamento da Covid-19. Em média, desde março, são realizados 1.496 atendimentos por mês de pacientes com sintomas respiratórios agudos e suspeita de coronavírus, além de 66 internações. No mês de novembro, foram mais de 2,5 mil atendimentos no setor.

Conforme a apuração da reportagem, houve também o recorde de pacientes em um período de 24 horas, com 160 pessoas atendidas na unidade exclusiva. As informações constam em ata de reunião da Fusame (Fundação Saúde de Americana), realizada no dia 30 de novembro e publicada no Diário Oficial da última terça-feira.

Considerada atípica pela direção do hospital, a situação exige total atenção da rede municipal. O aumento de casos nas últimas semanas já fez com que os leitos de enfermaria do HM ficassem cheios em ao menos uma ocasião.

Com a aproximação das festas de fim de ano, a tendência é de que as contaminações continuem em curva ascendente, o que pode levar a uma nova sobrecarga do sistema.

Americana, felizmente, conta com uma boa estrutura de saúde, com hospitais particulares – que atendem, por exemplo, a muitas famílias conveniadas por empresas – e com um hospital municipal que, na virada do ano, acabara de ter o pronto-socorro reformado e novos respiradores adquiridos.

Mas tal estrutura não deve ser motivo para tranquilizar a população quanto às recomendações de proteção. Evitar a necessidade de buscar um hospital é uma missão a ser cumprida.

O Liberal

Neste blog você encontra a opinião do Grupo Liberal de Comunicação, por meio dos textos editoriais publicados na edição impressa.