05 de agosto de 2021 Atualizado 11:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Presença Digital

10 passos para uma live de sucesso

Fazer uma transmissão ao vivo de sucesso não é uma tarefa simples e muitas pessoas acabam cometendo erros

Por Ronnye Freitas e Ricardo Forti

18 jun 2021 às 09:27

Se você tem o costume de navegar nas redes sociais como o Facebook ou Instagram, ou se você é um daqueles aficionados pelo YouTube, ou ainda, se você utiliza as redes para divulgar seus produtos ou serviços, já deve ter percebido que as lives vieram para ficar.

Para quem ainda não está habituado com os termos da internet, lives são aquelas transmissões ao vivo que vemos a todo momento nas redes sociais.

Cada vez mais pessoas, blogueiros, influenciadores digitais, profissionais do marketing digital e empresas vêm utilizando este recurso como parte de sua estratégia de marketing digital, fazendo dele uma verdadeira febre. Basta ficar um tempinho conectado que logo aparece alguma notificação nos convidando para assistir alguém que está fazendo uma transmissão ao vivo através da internet.

Um dos motivos deste sucesso é que as lives, diferente de outros formatos como fotos e vídeos, têm um poder de engajamento muito maior, além de possibilitarem a interação em tempo real com sua audiência.

Outro fato é que estar ao vivo na internet é muito legal! A poucos anos atrás essa possibilidade não existia, e só os grandes veículos de comunicação podiam utilizar um recurso semelhante, pois para se fazer uma transmissão ao vivo, era necessário uma grande estrutura. Agora isso mudou e qualquer pessoa que esteja em uma rede social, tenha um smartphone e uma conexão na internet, pode utilizar este recurso.

Fazer uma transmissão ao vivo de sucesso não é uma tarefa simples e muitas pessoas acabam cometendo erros que, com um pouco de planejamento poderiam ser evitados.

Assim, preparamos uma lista com 10 passos para uma live de sucesso. É importante lembrar que se trata de passos simples, que qualquer pessoa pode executar sem dificuldades.

Vamos aos passos:

1 – Defina um tema (assunto) relevante para seu público:

Começar uma live do nada, sem um objetivo definido, sem saber o que vai falar, pode ter um efeito contrário ao planejado. Por isso, é importante fazer uma pesquisa de quais assuntos sua audiência gostaria de saber.

Um primeiro passo para chegar a essa informação é levantar as principais dúvidas que seus clientes têm a respeito do seu negócio. Você conseguirá ter acesso a essas informações pesquisando os e-mails e mensagens de WhatsApp contendo perguntas dos seus clientes. Também é possível levantar possíveis assuntos pesquisando em grupos do Facebook e fóruns específicos da sua área. Lembre-se, uma dúvida comum é uma ótima ideia para o tema de uma live.

Outro caminho é fazer o lançamento de um novo produto ou serviço através de uma transmissão ao vivo. Nestas ocasiões, o ideal é detalhar todas as informações do produto ou serviço a ser apresentado. Ações como estas além de serem muito boas no engajamento da audiência costumam ter custo praticamente zero.

2 – Distribua o assunto em tópicos:

Essa é uma maneira de deixar seu assunto muito mais interessante! Ao distribuir seu assunto em tópicos, você automaticamente utiliza uma poderosa estratégia para chamar a atenção do seu público: a curiosidade.

Pessoas adoram listas, e quando você divide seu assunto em pequenas partes como pílulas de conteúdo, você faz com que sua audiência espere o próximo tópico, e o próximo, e o próximo, como elos de uma corrente que vão se unindo, antes de deixar a transmissão, aumentando as chances da pessoa assistir a transmissão inteira.

Outro fator importante é que quando você inicia uma transmissão ao vivo, as pessoas não são avisadas todas ao mesmo tempo, ou seja, algumas pessoas começarão a assistir a live depois que ela já se iniciou. Assim, dividindo o assunto em tópicos, aumentamos as chances das pessoas que, como se diz no ditado popular “pegaram o bonde andando”, consigam acompanhar o assunto e ter uma boa compreensão sobre o tema.

3 – Divulgue a data da live com antecedência:

Ao invés de apenas iniciar a live de qualquer forma, em qualquer hora, porque não tratá-la como um evento? O processo é simples, e potencializa sua ação. Depois de escolher o tema, é preciso definir uma data e horário para a Live. Faça uma análise das métricas da rede social escolhida, qual é o horário com maior engajamento e se possível, faça a live nesta hora.

Também é importante definir em quais plataformas, isto é, em quais redes sociais você fará a live. Depois disso, dias antes, divulgue o tema e a data da transmissão nas redes sociais, WhatsApp, Stories, lista de e-mails etc. Se sua empresa dispor de um departamento de marketing ou uma agência, vale muito a pena pedir para desenvolverem um post para a divulgação.

Dessa forma, você poderá aumentar ainda mais o número de participantes, pois os interessados poderão se programar para assistir a transmissão, além de ajudar na divulgação.

4- Teste sua Internet:

Pode parecer óbvio, mas muita gente se esquece dessa simples questão antes de iniciar uma live. Sabemos que no Brasil, independente da região, não temos um serviço de Internet totalmente confiável e de qualidade. Problemas de oscilação na rede é totalmente comum de acontecer e pode fazer que uma live bem engajada, seja interrompida bem no meio, fazendo com que o resultado esperado seja o oposto.

Se a locação escolhida for um outro local que você não esteja acostumado, como um evento, uma feira ou viagem, veja se há redes de Internet disponíveis ou verifique se no local, seu plano de telefonia oferece uma boa cobertura. Então lembre-se, faça um teste antes de iniciar a transmissão e certifique-se que a internet esteja estável.

5 – Escolha um local com boa luz:

As pessoas que entendem um pouco de foto e vídeo, sabem que uma boa iluminação é fundamental para termos um bom resultado. Por isso, antes de iniciar a transmissão, certifique-se que a imagem esteja nítida, com uma boa iluminação. Iniciar uma live em um ambiente escuro e com pouca nitidez pode fazer com que o engajamento seja muito baixo.

A sacada aqui é antes de iniciar a transmissão, gravar um vídeo curto para teste e depois assistir,conferindo a qualidade da imagem. Outra dica importante é você ficar atento também ao som. Locais com muito trânsito ou barulhentos podem comprometer a qualidade da live. Não hesite em usar um fone de ouvido com microfone se for necessário.

6 – Prepare seus equipamentos com antecedência:

A maioria das pessoas utilizam o próprio smartphone para fazerem as transmissões ao vivo. Porém, algumas pessoas podem fazer uso de webcam, microfones, tripés, entre outros equipamentos. Por isso é importante verificar se o equipamento está em ordem, em pleno funcionamento.

Além disso, é de extrema importância verificar a bateria do telefone, que deve estar cheia. Imagine a situação: você inicia a live, consegue um ótimo engajamento e no meio da transmissão a bateria acaba! Acredite, isso é bem comum.

Outro ponto a observar é fazer a limpeza da câmera do smartphone e caso for segurar o telefone na mão durante a transmissão, verificar se o mesmo se encontra na posição correta.

7 – Notifique sua audiência minutos antes:

No passo 3 falamos para você divulgar para sua audiência com antecedência. Neste passo, a situação é um pouco diferente. Aqui estamos pedindo para você notificar sua audiência minutos antes do início da live.

Isso servirá como um um lembrete de que a transmissão iniciará em breve e deixará os interessados em alerta. Para avisar, o processo é semelhante, basta um simples lembrete em texto nas redes sociais, WhatsApp e e-mail.

8 – “Aqueça” sua audiência antes de entrar no assunto principal:

Se você acompanha personalidades como jornalistas, blogueiros, ou até mesmo algumas empresas que têm bastante experiência em lives, você deve ter percebido que eles sempre dão aquela “enrolada” antes de entrar no assunto principal.

Logo no início da live estes profissionais falam de assuntos periféricos, cumprimentam as pessoas, comentam algum acontecimento do cotidiano, etc. Eles fazem isso pois quando se inicia a transmissão ao vivo, o algoritmo das redes sociais começa a notificar as pessoas que estão conectadas naquela hora, convidando a assistirem a live. E isso leva um tempo, muitas vezes alguns minutos.

Em virtude disso, não adianta nada fazer uma live rápida, às pressas. É necessário que a transmissão tenha, no mínimo, 10 ou 15 minutos. Dessa forma, antes de entrar no assunto principal, certifique-se se há pessoas suficientes acompanhando.

9 – Interaja com sua audiência:

Uma das grandes vantagens que a live oferece e que não conseguimos isso com os vídeos normais é a possibilidade da interação com seu público em tempo real. Por isso, fazer uma live e não aproveitar essa oportunidade, é um grande erro. Leia os comentários, fale o nome das pessoas, agradeça pessoalmente quem estiver comentando e interagindo.

Você também não pode se esquecer de pedir para as pessoas curtirem e compartilharem sua live. Acredite, a maioria das pessoas farão isso numa boa, mas só se você pedir, pois quase ninguém se lembra de fazer isso. Agindo dessa forma, você deixará a live muito mais interessante e aumentará o seu engajamento, potencializando seus resultados.

10 – Responda todas as dúvidas:

Como já foi dito, lives são ótimas para interação com o público. Assim, reserve um tempinho no final da transmissão para responder às dúvidas das pessoas. Se for o caso, peça para um colega acompanhar a live e separar as perguntas para que você possa responder.

Não se esqueça de falar o nome da pessoa que está perguntando, ok? A audiência adora isso!

Ronnye Freitas / Ricardo Forti

Tudo o que você precisa saber sobre como empreender na internet, por Ronnye Freitas e Ricardo Forti, sócios de uma agência de marketing em Americana