13 de janeiro de 2022 Atualizado 22:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Smart Tech

Os líderes positivos se sentem mais realizados!

Evidências empíricas sugerem que vivenciar relacionamentos interpessoais positivos dentro do ambiente de trabalho, produz uma série de benefícios

Por Henrique Costa

18 nov 2021 às 09:39

Não se trata apenas de líderes, mas qualquer pessoa positiva melhora, deliberadamente, o fluxo de emoções positivas na sua vida pessoal e dentro dos ambientes em que convive com outras pessoas. Mas, como aqui o tema é liderança, reforço que ser positivo não diz respeito a levantar a moral das pessoas, mas em elevar mensuravelmente o desempenho de toda a equipe dentro do ambiente de trabalho e assim desenvolver times organizacionais que compartilham de emoções positivas como: humor mais positivo, maior satisfação no trabalho, maior engajamento e performance melhorada.

Em suma, sem ignorar ou minimizar problemas e obstáculos da gestão da liderança, os líderes que estimulam o ambiente positivo se concentram em gerar o que é elevado e virtuoso nas organizações. Essa não é uma tarefa fácil para a gestão, uma vez que existem fatores externos que podem tornar-se obstáculos na formação de líderes positivos, e também, o próprio ramo de negócio demanda ações e posturas relativamente únicas a serem verificadas empiricamente, para adequar a liderança a necessidade de pessoas e dos resultados da empresa.

As principais características de um líder positivo, é o desenvolvimento de novos líderes que trabalham para ele e a reorganização dessa equipe para interagir uns com os outros como uma oportunidade de aumentar as emoções positivas no trabalho.

Evidências empíricas, ou seja, a prática e experiência do dia a dia, sugerem que vivenciar relacionamentos interpessoais positivos dentro do ambiente de trabalho, produz uma série de benefícios fisiológicos, mentais, sociais e emocionais positivos para os colaboradores e um desempenho elevado para a organização. No entanto, para que essa vivência seja positiva, é necessário que todos façam contribuições para o mantenimento das relações interpessoais mais do que receber benefícios dessas relações, o que torna o principal fator que produz bons desempenhos e satisfação no ambiente de trabalho.

Mas, como ser um líder positivo?

Sugiro o desenvolvimento desses cinco elementos:

  1. Encontrar pontos fortes dos colaboradores e atributos que possam torna-los produtivos na função que exige àquilo que eles têm como habilidades e competências. Essas estratégias promovem a coordenação, colaboração e aumentam a eficiência das interações, resultando em vantagens de desempenho para toda a equipe;
  2. Enfatizar e construir sobre os pontos fortes dos colaboradores, em vez de se concentrar em seus pontos fracos. Essa ênfase cria uma atração para formar fortes laços interpessoais positivos;
  3. Lidar com os pontos fracos dos colaboradores de forma a desenvolvê-los para que atinjam um nível de competência básica, sem perder o foco em construir sobre os pontos fortes para manter a excelência no desempenho e no relacionamento da equipe;
  4. Promover uma comunicação positiva que está diretamente relacionada aos níveis mais elevados de desempenho organizacional e conectividade entre os colaboradores;
  5. Aprimorar o engajamento, troca de informações e o comprometimento são estratégias que podem promover melhorias nos feedbacks que ajudam a reproduzir as circunstâncias em que os colaboradores se sintam a vontade em fazer suas contribuições.

Os líderes, genuinamente, positivos se sentem mais realizados em desenvolver equipes que estão engajadas no mantenimento da energia positiva e da comunicação positiva uns para com os outros e, essa postura, está fortemente relacionada a altos níveis de eficácia e bem-estar entre os colaboradores e os resultados da organização.

Henrique Costa

Formado em Harvard, palestrante e autor de mais de dez livros, é CEO da Accell Solutions e conselheiro do InverGroup, holding de tecnologia e investimentos

Henrique Costa e Eryvelton Baldin

Assinado por Henrique Costa e Eyvelton Baldin, conteúdo sobre tecnologia, inovação e empreendedorismo