21 de janeiro de 2022 Atualizado 22:50

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Smart Tech

Os líderes empreendedores estão mais fortes do que nunca

Grandes empreendedores, em geral, se mantêm positivos e com um forte senso de espírito de luta e de investimento

Por Henrique Costa

02 dez 2021 às 14:59

Durante a pandemia, os melhores líderes empreendedores têm se recuperado da crise socioeconômica ao priorizar a retomada das atividades que mitigam as consequências deste cenário.

É evidente que nós, líderes empreendedores, nos encontramos cansados, porém ativos, mostrando as possibilidades de movimentos positivos, especialmente, neste ano de 2021, uma vez que temos em vista as perspectivas de uma forte recuperação econômica.

Tenho notado, que grandes empreendedores, em geral, se mantêm positivos e com um forte senso de espírito de luta e de investimento, não obstante que o cenário da crise ainda persiste, os líderes empreendedores têm afirmado que essa crise desestabilizou e fragilizou fortemente diversos setores de negócios, no entanto, não é possível parar para esperar a crise passar de vez, devemos recriar nossos empreendimentos com ousadia.

Em pesquisa aos dados da Fundação MMA de Empreendedores do Futuro, o cenário atual de 2021 está melhorando comparado as perspectivas das pesquisas de 2020, por exemplo, líderes empreendedores estão mostrando que suas preocupações com o cenário pandêmico estão diminuindo após tantos meses de incertezas, o que torna estes líderes empreendedores prontos para aproveitar as novas oportunidades.

Perceba que a grandes líderes empreendedores estão se sentindo prontos para priorizar a retomada das atividades, mesmo que isso signifique ter que lidar com mais estresse e carga alta de trabalho, ainda mais porque a minha experiência me mostra que, particularmente, as preocupações de líderes empreendedores envolvem, especialmente, os problemas de recrutamento de talentos e o abastecimento de matéria-prima em tempos de escassez, que são as formas básicas de garantir a continuidade dos negócios.

Algumas mudanças parecem ser permanentes no ponto de vista mercadológico, e a perspectiva de liderança empreendedora precisa se empenhar na recuperação, sem esquecer dos meses difíceis pelos quais passamos, mas extraindo desse tempo lições que possam ser utilizadas, talvez no futuro.

Ocasionalmente, nossos maiores esforços estão em delegar certas atividades, e dar alguns passos para trás! Mas, todas as mudanças recorrentes da aprendizagem em meio às crises, podem ser percebidas positivamente, uma vez que entendemos o quanto nossos empreendimentos precisam ser sustentáveis no ponto de vista econômico e socioambiental.

Em suma, podemos ser ainda mais fortes em um cenário de caos, uma vez que este ambiente “novo” nos dá a oportunidade de fortalecer a empatia e a inteligência emocional ao ficarmos mais atentos às experiências das equipes que trabalham em nossos negócios e entender o quanto pode ser benéfico o engajamento dos colaboradores para atenderem, adequadamente, os clientes, tanto interno quanto externo da organização.

Não posso deixar comentar sobre o lado pessoal de um líder empreendedor: alguns dos hábitos adotados durante a crise devem durar, percebo que muitos empreendedores e líderes iniciaram uma atividade esportiva durante o cenário pandêmico, por exemplo.

Certamente, os confinamentos colocaram o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal de volta ao centro, que torna os pilares dos líderes empreendedores ainda mais fortes.

Podemos renascer nossos empreendimentos e nossas equipes, sem esquecer do passado, mas trazendo-o para a missão de nos ensinar a sermos melhores dentro dos desafios da vida pessoal e profissional, concomitantemente!

Henrique Costa e Eryvelton Baldin

Assinado por Henrique Costa e Eyvelton Baldin, conteúdo sobre tecnologia, inovação e empreendedorismo