22 de abril de 2021 Atualizado 23:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Editorial

Nova gestão no trânsito

Por Redação

06 jan 2021 às 07:29

No seu primeiro dia como prefeito de Americana, Chico Sardelli anunciou uma acertada decisão relacionada ao trânsito no município ao acordar com a Estapar, empresa responsável pelo estacionamento rotativo pago na cidade, a retirada da Área Azul do entorno de hospitais. A medida poderia ter vindo com antecedência, devido à pandemia, mas deve entrar em prática a partir do dia 11 de janeiro.

A retirada vai afetar dois dos cinco hospitais da cidade. Unidades como o São Lucas, na Avenida Brasil, e o São Francisco, na Vila Galo, têm em ruas adjacentes a obrigatoriedade do pagamento para estacionar. Moradores reclamavam da cobrança nestes estabelecimentos, já que as idas ao hospital, geralmente em caso de necessidade ou urgência, poderiam durar horas.

A implantação da Área Azul em Americana, em janeiro de 2019, acumulou reclamações em seus primeiros meses de funcionamento. Uma delas foi o aumento de vagas e áreas com pagamento obrigatório para estacionar. Se antes a cobrança se dava em cerca de 600 pontos, no sistema atual passou para mais de 2 mil.

Dois anos depois, portanto, deve ser mais do que possível avaliar o tamanho do benefício que o sistema trouxe para a cidade. Para isso, o novo governo deverá ter alguém com competência para lidar com um dos principais gargalos do município, que é o trânsito e seus temas correlatos, como a própria Área Azul.

O ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Americana, Pedro Peol, do mesmo grupo político de Chico, é um dos cotados para assumir as responsabilidades sobre o assunto, cuja gestão na administração passada foi marcada por polêmicas. Se a escolha não for à altura do cargo – que poderia exigir um bom conhecimento técnico e até uma secretaria –, o novo governo não demorará a perder o crédito que conquistou no primeiro dia de trabalho.

O Liberal

Neste blog você encontra a opinião do Grupo Liberal de Comunicação, por meio dos textos editoriais publicados na edição impressa.