23 de abril de 2021 Atualizado 11:20

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

A Cidade É Nossa

Gravou endereço, mas não conseguiu ouvir

Por J.C. Nascimento

24 mar 2021 às 08:27

O cidadão foi à repartição pública e a encontrou fechada. Como tinha na placa o número do telefone usou o celular para gravar.
· · ·
Quando foi ouvir percebeu que sua voz foi encoberta pelo latido do cão do vizinho da repartição. Que “cachorrada”, lastimou.
· · ·
Não bastasse a pandemia e as novas normas do governo de combate ao vírus, o cidadão completou três dias sem computador que foi para ser formatado. Resumindo: “desespero total nos 3 dias”.
· · ·
Outro dia falamos da sujeira promovida por nós nas ruas. Porém, comenta Free Lance, o gramado está sendo tomado pelo mato no Parque Ideal (assim era chamado o trecho das ruas Princesa Isabel e Presidente Vargas).
· · ·
Aliás, também as laterais do córrego da Avenida Brasil estão assim. Daqui a pouco não vai ter mais grama.
· · ·
Certo que as chuvas foram frequentes, porém, esse serviço é sempre feito, mas agora está passando da hora.
· · ·
Nem bem havia virado o ano e boa parte da imprensa anunciava os feriados e finais de semana prolongados, como que dando a deixa para os festeiros.
· · ·
Parece que a própria imprensa atiçava a movimentação de pessoas pelas estradas e cidades praianas. Agora, são prefeitos e governadores que estão decretando feriados antecipados.
· · ·
Ficamos por aqui. Antes, dito de tio Amin: com essa e mais aquela as vagas no estacionamento do HSF continuam ocupadas durante todo o dia, especialmente por aqueles que não vão ao hospital.

J.C. Nascimento

Coluna assinada pelo jornalista e corretor J.C. Nascimento. Há mais de 40 anos contando causos de Americana por meio de personagens já conhecidos do público.