06 de maio de 2021 Atualizado 19:19

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Virando a Chave

Familiares tóxicos

Familiares tóxicos são pessoas que quanto mais você convive, pior você fica

Por Ivan Maia

12 abr 2021 às 10:35 • Última atualização 12 abr 2021 às 10:37

Você possui familiares tóxicos? São pessoas que, quanto mais você convive, pior você fica. É como diz o doutor Mike Murdock: “Quando as pessoas erradas saem da sua vida, as coisas certas começam a acontecer”.

Para começar, vamos diferenciar a família consanguínea da família com a qual você convive. A família direta é aquela com a qual você mora, ou seja, cônjuge, filhos, pai, mãe, entre outros. A consanguínea são os parentes, como primos, netos, irmãos, tios, avós e etc.

Cada ser humano é único, com todas as suas qualidades e defeitos, e em toda família há pelo menos uma pessoa tóxica. Mas o que é uma pessoa tóxica? É uma pessoa que está sempre de mal com todo mundo. Se tiver 8 irmãos, uma hora ela está de mal com 4, em outro momento com os demais e ela continua achando que só ela tem razão.

Outro exemplo muito comum: pessoas que se intrometem na vida de todo mundo na família, mas se você disser qualquer coisa da família dela, ela vira um bicho e manda costurar seu nome na boca do sapo. Também existem aqueles que brigam com outras pessoas e transferem a raiva para os que estão à sua volta.

Há um desequilíbrio psicológico nelas. Além de viverem colocando a culpa nas outras pessoas por tudo que acontece com elas, brigam com vizinhos, fazem inimizades num piscar de olhos. Não respeitam os pais, não respeitam as opiniões dos outros. E quando essa pessoa é da sua família?

COMO LIDAR COM PESSOAS TÓXICAS?

Se você puder, se afaste fisicamente. O doutor Mike Murdock diz assim: “Vá onde você é celebrado, não onde é tolerado”. Se você acredita, ore por essas pessoas, peça que Deus derrame bênçãos, pois elas prejudicam a si mesmas.

Se puder encontrar só de vez em quando, que seja com respeito. Mas, se a outra pessoa não quiser, também respeite, afinal ninguém é obrigado a se falar só porque pertence à mesma família. É importante que, em seu coração, não haja mágoa, ódio, rancor, então perdoe e prossiga.

Se num almoço em família ela não quiser ir, vá você, pois, o problema não é seu, é dela. Fale bem dela, não fale mal em lugar algum. Quando você estiver com raiva, pois é normal ter este sentimento, tente canalizar seus pensamentos para outro lugar. Quanto mais você foca em uma situação, mais aquilo cresce. Se puder se afastar, se afaste, caso contrário, imponha limites. Caso ela vá a sua casa, terá que respeitar as suas regras. Não levante a voz e não brigue, pois firmeza não é ser rude.

Grande parte dos nossos resultados na vida vêm através do tipo de relacionamento que nós cultivamos. Todos nós nos relacionamos e a qualidade desses relacionamentos determina e define muito sobre nosso futuro. Todo relacionamento sempre irá despertar algo em você, então se ele não lhe fortalece, certamente lhe enfraquecerá.

Os relacionamentos sempre farão algo por você, pois, no mundo existe a lei da influência. Ou você influencia ou é influenciado, mesmo que você não tenha a consciência disso. Os ditados populares, em grande parte das vezes, contêm verdades importantes e são embasados em leis naturais.

4 TIPOS DE PESSOAS

É importante você saber que no mundo existem, basicamente, 4 tipos de pessoas: as que somam, dividem, subtraem e multiplicam. Mas como? Um exemplo clássico é quando você chega até uma pessoa e comenta algo feliz, que aconteceu com você e elas multiplicam a sua alegria porque elas sentem prazer junto com você.

Em outro cenário, se você dividir a sua alegria com algumas pessoas, elas irão arranjar um jeito de diminuir a sua vitória e subtrair de diversas formas. Busque estar entre pessoas que adicionam sabedoria, subtraem fraquezas, multiplicam ânimo e fé, e dividem as mágoas e cansaço.

Comece a perceber que, quando você passa um tempo perto de uma pessoa, tudo que possui de bom, de pontos fortes, se intensificam em você. Existem outros que, quando você passa muito tempo com eles, tudo que há de ruim em você, seus piores traços, também se sobressaem.

Se nós podemos dizer que ninguém força ninguém a nada e ninguém leva ninguém para o mau caminho, nós também podemos dizer que, conforme o tipo de pessoa com quem você anda, você terá sempre maior tendência de escolher o caminho tortuoso.

Ninguém lhe obriga a fazer nada, mas as influências sobre nossas vidas são enormes e, não levar isso em consideração, também é tolice e imprudência. Passe a prestar atenção aos ambientes que você frequenta, as pessoas com quem você convive e frequentam sua casa, aos amigos dos seus filhos.

Quem são as pessoas que tornam sua autoestima muito mais forte, sua autoimagem melhor, que abalam sua autoconfiança ou a elevam? Isso é muito importante, então preste atenção aos detalhes nos seus relacionamentos e seja feliz em suas escolhas.

Ivan Maia

Ivan Maia é treinador emocional, estrategista empresarial, NLP Practiotiiner, palestrante, conferencista e escritor de livros. Ele tem mais de 3 milhões de alunos treinados em mais de 25 países.