08 de agosto de 2022 Atualizado 08:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Estúdio 52

Elden Ring inunda a internet com vídeos de dicas e jogabilidade

Derrotar o último chefe do jogo passou a ser a missão secundária dos jogadores que buscam descobrir cada segredo do mundo criado em parceria com George R.R. Martin

Por Luciano Bianco

25 de março de 2022, às 16h39 • Última atualização em 25 de março de 2022, às 20h40

Lançado há apenas um mês, Elden Ring, desenvolvido pela Bandai Namco Entertainment, acumula uma infinidade de conteúdo disponível na internet, o que mostra a força com que o jogo atingiu a indústria no final de fevereiro.

Godrick é o primeiro grande chefe de Elden Ring – Foto: Divulgação

Embora seja possível encontrar vídeos em que os jogadores finalizam a obra, criada em parceria com escritor George R. R. Martin (Game of Thrones), em apenas algumas poucas horas, o jogo não é tão fácil quanto parece, mas também não é dos mais difíceis da série Souls. Aqueles que conhecem o formato dos jogos já estão acostumados com um certo grau de dificuldade fora do comum e segredos escondidos em cada canto, mas o novo jogo da FromSoftware subiu a régua ao apostar na jogabilidade de mundo aberto em que finalizar o último chefe é apenas uma das formas de encarar o jogo.

Hoje, quando completa um mês de lançamento, você consegue encontrar milhares de dicas de como montar seu personagem, quais atributos são melhores e o consenso é de que não existe consenso. A grande diversidade de personagens, caracterizações, armas, armaduras e formas de lutar dá ao jogador milhares de opções e, melhor ainda, é possível alterar o seu foco de crescimento durante o jogo, ou seja, o jogador não está preso à classe inicial que escolheu, a forma como usa as runas e os atributos que escolhe aumentar definem o modo de jogo (bônus: caso não esteja contente com os status do seu personagem, você pode resetá-lo ao longo da jornada e realocar as runas já gastas) e, em questão de segundos, você pode alterar entre lançar magias, lutar com uma ou duas espadas, lança ou machado e até alternar entre todas essas armas contra um mesmo adversário.

Como já disse, chegar ao fim não é mais o principal objetivo de Elden Ring. Todos os dias novos pontos escondidos no mapa são descobertos, novas armas e skills de armas, as chamadas cinzas de guerra, surgem e os jogadores ficam atrás de todas elas. Como se já não bastasse a infinidade de coisas, ainda pode surgir atualizações, como houve em 17 de março, quando novas quests e NPC foram adicionadas ao jogo.

Para explicar um pouco sobre a diversidade de caracterização e jogabilidade que o jogo permite, separei alguns vídeos de players que estão se divertindo criando seus personagens únicos (até publicarem na internet).

Elden Ring está disponível para jogadores dos mais variados consoles, assim como para quem prefere jogar no computador.

Sinopse do jogo
Nas Terras Intermédias, governadas pela deusa Marika, a Eterna, o Anel Prístino, a fonte do poder, foi destruído.

Os semideuses filhos de Marika reivindicaram os fragmentos do Anel Prístino conhecidos como Grandes Runas, e essa incrível força recém-descoberta desencadeou uma guerra: A Fragmentação. Uma guerra que significou o final do Grande Graça. E agora o poder será dado aos Maculados, que foram rejeitados e exilados das Terras Intermédias.

Com mortos que ainda vivem e uma graça há muito perdida, siga o caminho para as Terras Intermédias, atravessando o Mar Nebuloso, para chegar até o Anel Prístino. E torne-se o Lorde Prístimo.

Luciano Bianco

Editor do LIBERAL, está no grupo desde 2006.
Acumula cada vez mais horas com games, fã de séries, filmes e Star Wars (esse último precisa de uma categoria à parte). Vive o eterno dilema de ver mais um episódio ou dormir.

Estúdio 52

Quer saber sobre aquela série que está bombando na internet? Sim, temos. Ou aquele jogo que a loja do seu console vai disponibilizar de graça? Ok. Curte o trivial e precisa dos lançamentos do cinema? Sem problema, é só chegar.